Comunidade UNIFAL-MG prestigia apresentação de projeto de dança do ventre

Current Size: 100%

Versão para impressãoEnviar por email
Aprendizado das participantes foi demonstrado por meio de coreografia no hall do prédio V

A comunidade universitária prestigiou durante o intervalo das aulas do período noturno, no dia 03/05, uma apresentação do projeto de extensão “Dança do Ventre e o Despertar do Sagrado Feminino", realizado no hall do prédio V, na sede.

Conforme a coordenadora do projeto, Profa. Paula Regina Alvarenga (Paula Zahirah), a proposta foi mostrar para estudantes e professores, o aprendizado das participantes do projeto, em relação movimentos básicos da dança do ventre (vibratórios - shimmes; ondulatórios - oitos; deslocamentos; batidas). “Com a preparação corporal as alunas tornam-se confiantes e a próxima etapa constitui na utilização de acessórios”, diz, informando que as aulas permitem que as participantes consigam desenvolver os movimentos de dança, dançar de modo coreográfico e apresentar-se em público.

No ano de 2016, o grupo apresentou as seguintes modalidades: o véu (moderno), o bastão (clássico), taças com velas, além do solo flamenco árabe e o de véu wings. “O resultado em 2016 foi a realização da 1ª Mostra de dança do ventre de Alfenas que contou com a participação de bailarinas de Varginha (Studio Elen Hanna) e de Alfenas (Ballet Adágio)”, conta.

SOBRE A DANÇA DO VENTRE

De forte expressão no mundo árabe e em outros países do mundo a dança do ventre é bem conhecida e praticada no Brasil. Vem sendo difundida como uma atividade física importante para a saúde da mulher, pois fortalece a musculatura, organiza a postura, melhora a autoestima, traz serotonina para o corpo, melhora a TPM, entre outros benefícios. Pode ser praticada por mulheres de todas as idades e, por homens também. A modalidade traz um repertório variado de práticas e uso de acessórios além da musicalidade rica em ritmos e variações. Além de uma atividade corporal significativa para a saúde da mulher e daqueles que a praticam, confere um momento de socialização, criatividade, integração e de aprendizagem singular.

Galeria de imagens

Com informações: Profa. Paula Regina Alvarenga, coordenadora do Projeto de Extensão "Dança do Ventre e o Despertar do Sagrado Feminino"