Cursos da UNIFAL-MG contribuem para a melhoria dos serviços de saúde de Alfenas

Current Size: 100%

Versão para impressãoEnviar por email
Parceria com o município auxilia na formação prática dos estudantes em campos de estágio

No mês de fevereiro, representantes dos cursos da área de saúde da UNIFAL-MG participaram de uma reunião com o prefeito de Alfenas, Luiz Antônio da Silva, e com a secretária de saúde, Deyv Cabral de Assis. O encontro, realizado na sede, visou apresentar o potencial das parcerias entre a Universidade e o município, com o intuito de assegurar os espaços de estágios para os alunos e, consequentemente, a melhoria dos serviços de saúde oferecidos em Alfenas.

“O objetivo é integrar a assistência e a rede física da Universidade com a Prefeitura. A unificação otimiza, trazendo eficiência e agilidade”, explicou o prefeito.

Além do reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, também participaram da reunião, a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Eva Burger; a pró-reitora de Extensão, Profa. Eliane Garcia Rezende; representantes de unidades acadêmicas e os coordenadores de cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Odontologia.

Estreitando parcerias para novas frentes de atuação

A continuidade do estágio no SUS para estudantes do curso de Farmácia, por exemplo, foi garantida pelo prefeito, parceria que acontece há mais de 20 anos.

Segundo a vice-coordenadora do curso, Profa. Márcia Helena Miranda Cardoso Podestá, o estágio no SUS tem o objetivo de capacitar o acadêmico para a prática de dispensação em farmácia das Unidades de Atenção Primária à Saúde (SUS) e também para o exercício da Assistência Farmacêutica em todas as etapas constitutivas e direcionadas aos programas desenvolvidos no município, o que envolve a orientação aos pacientes quanto ao uso correto dos seus medicamentos; a vivência da Assistência Farmacêutica e de Saúde Comunitária e, ainda, Atenção Farmacêutica aos pacientes em seus domicílios.

“A farmácia ambulatorial, presente na Unidade Básica de Saúde, é um espaço importante para o desenvolvimento de ações educativas. Por meio dela, o farmacêutico, assim como outros profissionais de saúde, tem o compromisso de compartilhar seu conhecimento técnico com a população, sem deixar de reconhecer a importância dos conhecimentos populares”, comenta, enfatizando que proporcionar o estágio nos serviços farmacêuticos de Atenção Primária à Saúde, pode contribuir para que o acadêmico do curso de Farmácia da Universidade seja capaz de atuar em defesa da saúde do usuário por meio da promoção do uso racional de medicamentos e da segurança do paciente.

Para o curso de Fisioterapia, conforme conta a professora Silvia Lanziotti, responsável pela disciplina e pelo estágio em "Saúde Coletiva em Fisioterapia", o prefeito apresentou a possibilidade de parceria para continuidade da inserção do fisioterapeuta na Atenção Básica do município. Além disso, a Clínica de Fisioterapia da Universidade é referência de atenção secundária do município e faz parte da Rede Municipal, o que de acordo com a docente, é uma proposta que deve continuar. “Esta parceria é fundamental, pois permite que o aluno seja inserido na Rede de Atenção, nos níveis primário, secundário e terciário, e seja possível o seu conhecimento sobre o trânsito do paciente em todos os níveis, permitindo ações com integralidade”, avalia a professora, acrescentando: “Esperamos que estas relações sejam mais estreitadas e possamos trabalhar juntos em novas propostas”.

Durante a reunião, Luizinho também confirmou os convênios na área de saúde pública, via Núcleo de Atenção Saúde da Família (NASF) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além da reestruturação do estágio no Restaurante Popular desde que este esteja em condições de receber estagiários. “O estágio final é obrigatório e dessa forma os ajudaria a terminar o curso sem precisar fazer estágio em outra cidade”, comentou a diretora da Faculdade de Nutrição, Profa. Letícia Yamada.

Representando o curso de Odontologia na oportunidade, o professor Alessandro Pereira, também pró-reitor adjunto de Graduação, informou que os alunos do 9º período do curso continuarão a realizar as atividades de estágio nas Unidades de Saúde da Família de Alfenas e no Centro Odontológico Municipal. “O prefeito  propôs uma parceria para que os professores  da disciplina de Saúde Coletiva do curso auxiliassem o município para a realização de um levantamento epidemiológico”, contou, adiantando que outra proposta do prefeito foi que caso seja implantado o Centro de Especialidades Odontológicas na UNIFAL-MG, o munícipio faria uma parceria para o repasse de recursos.

Quanto à contribuição dessa parceria para formação dos alunos do curso de Odontologia, Prof. Alessandro afirmou: “Esta parceria favorece a aproximação da Universidade com a comunidade e oportuniza aos alunos um espaço de reflexão sobre o funcionamento sistema público de saúde bucal, suas potencialidades e desafios, além de permitir uma melhor compreensão dos determinantes sociais do processo saúde-doença e formação cidadã do futuro profissional de saúde”.

A pró-reitora de Extensão avalia de forma positiva essa aproximação com a Prefeitura Municipal. “A parceria com a prefeitura é muito importante para a Universidade no sentido de dar oportunidade tanto para a qualidade da formação dos estudantes quanto para o exercício do compromisso social”, afirmou Profa. Eliane.

De acordo com a pró-reitora, por meio da Extensão, as ações em parceria com a Prefeitura Municipal se ampliam ainda mais, envolvendo também projetos de cursos de capacitação para a Educação Inclusiva, como a Educação de Jovens e Adultos (EJA); atividades culturais envolvendo grupos musicais, teatro e outras iniciativas culturais; além de auxílio no projeto Cidade Escola, que é o novo programa da Prefeitura, voltado para levar o ensino também para praças, ruas e comunidades.

Galeria de imagens