PET Fisioterapia realizará o 11º Ciclo de Seminários

Current Size: 100%

Versão para impressãoEnviar por email
Inscrições até 08/06

O Ciclo de Seminários do PET-Fisioterapia é um evento realizado semestralmente pelas petianas do grupo com o intuito de abordar assuntos distintos sobre temas atuais e estimular os acadêmicos a desenvolverem um pensamento crítico que amplie seus horizontes profissionais e pessoais.

As atividades do 11º Ciclo se iniciarão no dia 06/06 abordando o câncer infantil, que corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. No Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos. A fisioterapia tem se mostrado uma aliada no tratamento desses pacientes, pois tem como objetivo preservar, manter, desenvolver e restaurar a integridade cinético-funcional de órgãos e sistemas do paciente, assim como prevenir os distúrbios causados pelo tratamento oncológico.

No mesmo dia será apresentado seminário acerca da técnica Dry Needling, técnica esta que pode ser utilizada associada com o tratamento de pacientes com quadros de dores musculares. Agulhas são inseridas em pontos gatilhos, causando um relaxamento muscular, sendo uma excelente técnica para alívio de tensões, melhorando a qualidade de vida dos pacientes e desempenho de atletas.

No dia 07/06 será apresentado o tema "Microfisioterapia", uma das mais recentes técnicas na área da fisioterapia. A técnica tem por principal objetivo estimular o sistema nervoso para eliminar seus registros negativos guardados na memória celular reestabelecendo assim, o equilíbrio físico e emocional. Ela chegou ao Brasil recentemente e tem sido muito comentada entre os profissionais.

E em seguida as petianas falarão sobre Musicoterapia. Estudos provam que o cérebro dos músicos tem mais massa cinzenta particularmente nas regiões responsáveis pela audição, visão e controle motor. O trabalho musicoterápico pode ser desenvolvido dentro de equipes de saúde multidisciplinares e muitas pessoas se beneficiam com a música. A Musicoterapia objetiva desenvolver potenciais e/ou restabelecer funções do indivíduo para que este possa alcançar uma melhor integração intra e/ou interpessoal e, consequentemente, uma melhor qualidade de vida, pela prevenção, reabilitação ou tratamento. O fato de se colocar música no momento da sessão de fisioterapia já modifica o tônus, os batimentos cardíacos, frequência respiratória entre outros parâmetros.

Para encerramento, no dia 08/06 o seminário será sobre a "Terapia de Espelho", uma intervenção de baixo custo e fácil aplicabilidade, desenvolvida para o tratamento da dor do membro fantasma pelo neurologista indiano Vilayanur Ramachandran. Atualmente tem sido usada no tratamento de AVE, e consiste no posicionamento sagital de um espelho entre os membros do indivíduo, com a intenção de reeducar o cérebro e promover uma ilusão visual e cinestésica, acelerar a recuperação e ocasionar ganhos funcionais e motores. 

Também será abordado o tema "LED terapia", que consiste em um tratamento que utiliza o LED (luz emitida por diodos). É uma técnica que está sendo muito utilizada na área dermato-funcional devido aos LEDs terapêuticos que auxiliam na renovação tecidual. Esta técnica tem se mostrado uma grande aliada nas rotinas em clínicas,  ajudando a melhorar protocolos em diversas disfunções estéticas além de disfunções patológicas da pele.

Inscrições via CAEX  até 08/06. 

Informações: Leonardo César Carvalho, professor da Escola de Enfermagem da UNIFAL-MG