Campus Varginha viabiliza capacitação a vereadores de Três Corações

Current Size: 100%

Versão para impressãoEnviar por email
Proposta contribui também para o aprendizado dos estudantes sobre gestão pública

Uma ação de extensão do campus Varginha da UNIFAL-MG, realizada em parceria com a Câmara Municipal de Três Corações-MG, tem possibilitado a capacitação de vereadores e servidores daquela cidade, e contribuído para o aprendizado sobre questões práticas de gestão pública aos universitários.

Trata-se do “1º Simpósio Sul-Mineiro – Desafios da Gestão Pública”, que envolve palestras sobre diversos temas que permeiam a gestão pública, tais como: Reforma da Previdência, Contabilidade Pública, Orçamento e Finanças Públicas, Governo Eletrônico e Transparência Pública, Orçamento Participativo, Regime Próprio de Previdência Social e Estado, desigualdade e políticas Públicas.

“Será uma palestra por mês, ministrada por professores do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), do campus Varginha”, conta o diretor do campus, Prof. Paulo Roberto Rodrigues de Souza, que é também o coordenador da ação extensionista.

A abertura ocorreu na Escola do Legislativo “Historiador Benefredo de Sousa”, dia 11/05, com a palestra inicial ministrada pelo professor Wesllay Carlos Ribeiro do ICSA, que tratou da Reforma da Previdência.

Na oportunidade, o presidente da Câmara, vereador Maurício Gadbem, destacou a importância do convênio de cooperação técnica firmado entre Câmara e UNIFAL-MG. Segundo ele, a parceria possibilitará a capacitação dos vereadores e servidores do Legislativo tricordiano, que estarão cada vez mais qualificados para a tomada de decisões sobre diversos assuntos que afetam diretamente a vida dos cidadãos.

Em seguida, Prof. Paulo Roberto explicou que a parceria não é importante apenas para a Câmara e a cidade de Três Corações, mas também para a Universidade. Ele acredita que será possível levar para as salas de aula, questões práticas sobre gestão pública observadas no âmbito do Poder Legislativo.

No momento da palestra, antes de abordar o tema relativo à proposta de Reforma da Previdência, o Prof. Wesllay traçou um breve histórico das Políticas de Seguridade Social, que tiveram origem durante o período da Revolução Industrial, no século 19, na Alemanha. Na sequência, o professor abordou as principais características do Sistema de Seguridade Social Brasileiro, estabelecido pela Constituição Federal de 1988, que trabalha três direitos sociais básicos: Saúde, Assistência e Previdência.

Sobre a reforma previdenciária, o professor explicou que os argumentos do Governo Federal para justificar a necessidade de aprovação da proposta são o déficit financeiro e o envelhecimento da população. Em um segundo momento de sua fala, o palestrante pontuou as principais alterações que a reforma acarretaria nas regras da previdência. O projeto prevê a idade mínima para requerer aposentadoria de 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres). Já o tempo mínimo de contribuição passaria de 15 para 25 anos (homens e mulheres).

A próxima palestra, que terá como tema “Contabilidade no Setor Público”, será ministrada pela professora Maria Aparecida Curi, no dia 08/06, às 19h, na Câmara Municipal de Três Corações.

Galeria de imagens

Com informações e fotos: Paulo Roberto Rodrigues de Souza, professor-diretor do campus Varginha e coordenador da ação extensionista