Pró-Reitoria de Extensão da Unifal-MG

“Numa sociedade cuja quantidade e qualidade de vida se assenta em configurações cada vez mais complexas de saberes, a legitimidade da universidade só será cumprida quando as atividades, hoje ditas de extensão, se aprofundarem tanto que desapareçam enquanto tais e passem a ser parte integrante das atividades de investigação e de ensino”.

(SANTOS, Boaventura de Souza)

Existentes desde a década de 60, nossas ações de extensão foram realizadas, até meados da década de 90, prioritariamente na forma de cursos e prestações de serviços na área de saúde, em consonância com o que se entendia por Extensão Universitária no Decreto-Lei no. 19.851, de 1931 e posteriormente, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional no. 4.024/61.

Com o ingresso da então Coordenadoria de Extensão no Fórum de Pró-reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, em 1997, e sob os novos paradigmas da Lei de Diretrizes e Bases da Educação no. 9.394/96, houve gradativa institucionalização e diversificação de ações e áreas de extensão. Desde então buscamos organizar  nossas ações segundo os marcos conceituais, diretrizes e metodologias propostos pelo Fórum e pelo Plano Nacional de Extensão.

Para a formação do profissional cidadão, é imprescindível sua efetiva interação com a sociedade, seja para se situar historicamente, para se identificar culturalmente e/ou para referenciar sua formação técnica com os problemas que um dia terá de enfrentar. A extensão, entendida como prática que interliga a universidade nas suas atividades de ensino e de pesquisa com as demandas da maioria da população, possibilita essa formação do profissional cidadão e se credencia cada vez mais junto à sociedade como espaço privilegiado de produção do conhecimento significativo para a superação das desigualdades sociais existentes. Na Unifal-MG, as atividades de extensão integram o currículo dos cursos de graduação na forma da exigência de uma  quantidade mínima de horas de "atividades complementares" além do estágio obrigatório, calculadas num percentual variável de acordo com o projeto pedagógico de cada curso e contribuem na formação dos estudantes com a humanização do conhecimento, visão integrada do social e aquisição de conhecimentos práticos de sua área de futura atuação profissional.

Pode-se dizer que atualmente as ações de extensão da Unifal-MG representam importante instrumento de inserção da Universidade no processo de desenvolvimento de Alfenas e região, prestando importante contribuição para a Saúde e para a Educação, na forma de programas, projetos, eventos, cursos e prestações de serviços.