Universidade Federal de Alfenas      

HISTÓRICO

HISTÓRICO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS – UNIFAL-MG

         A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), originalmente Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas (Efoa), foi fundada no dia 3 de abril de 1914, por João Leão de Faria, com a implantação do curso de Farmácia e, no ano seguinte, com a do curso de Odontologia.

         A Efoa foi reconhecida pela Lei Estadual nº 657, de 11 de setembro de 1915, do Governo do Estado de Minas Gerais. Primeira Diretoria: João Leão de Faria, Diretor; Amador de Almeida Magalhães, Vice-Diretor; Nicolau Coutinho, Tesoureiro e José da Silveira Barroso, Secretário.

         Em 11 de setembro de 1916, doações angariadas por uma comissão de alunos possibilitaram a criação da biblioteca.

         O reconhecimento nacional foi realizado pelo então Ministério da Educação e Saúde Pública e consta no Art. 26 do Decreto 19.851, de 11 de abril de 1931. Em 23 de março de 1932, a aprovação do novo regulamento enquadrou-a nas disposições das leis federais. A Lei nº 3.854, de 18 de dezembro de 1960, determinou sua federalização, estando sua direção a cargo do Prof. Paulo Passos da Silveira.

         A transformação em Autarquia de Regime Especial efetivou-se por meio do Decreto nº 70.686, de 07 de junho de 1972. Essa transformação favoreceu a implantação do curso de Enfermagem e Obstetrícia, autorizado pelo Parecer nº 3.246, de 05 de outubro de 1976, e pelo Decreto nº 78.949, de 15 de dezembro de 1976, reconhecido pelo Parecer do CFE nº 1.484/79 e pela Portaria MEC nº 1.224, de 18 de dezembro de 1979. Sua criação atendia, nessa época, à política governamental de suprimento das necessidades de trabalho especializado na área de saúde.

         Em 1999, foram implantados os cursos de Nutrição, Ciências Biológicas e a Modalidade Fármacos e Medicamentos para o curso de Farmácia, todos autorizados pela Portaria do MEC 1.202, de 03 de agosto de 1999, com início em 2000.

         A partir das ampliações dos cursos e da visão da Instituição, realizou-se a mudança para Centro Universitário Federal (Efoa/Ceufe) um ano após o início dos novos cursos (Portaria do MEC nº 2.101, de 1º de outubro de 2001).

         Visando atender às exigências legais das Diretrizes Curriculares, o curso de Ciências Biológicas foi desmembrado em modalidades, originando os cursos de Ciências Biológicas - Licenciatura, com início no segundo semestre de 2002, aprovado pela Resolução 005/2002, do Conselho Superior, de 12 de abril de 2002, e Ciências Biológicas - Bacharelado, com início no primeiro semestre de 2003, baseado na Portaria do MEC 1.202, de 03 de agosto de 1999.

         Dando continuidade à expansão da Efoa/Ceufe, em 2003, iniciou-se o curso de Química - Bacharelado, aprovado pela Resolução 002/2003, de 13 de março de 2003, do Conselho Superior.

         A Efoa/Ceufe se preocupou não apenas com a expansão dos cursos presenciais, mas também dos cursos à distância, criando, em fevereiro de 2004, o Centro de Educação Aberta e a Distância – CEAD, o qual passou a construir novas propostas de cursos de graduação e de especialização à distância.

         Em 29 de julho de 2005, a Instituição foi transformada em Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), pela Lei 11.154/2005.

         Atendendo às políticas nacionais para a expansão do ensino superior, a UNIFAL-MG implantou os seguintes cursos de graduação na sede em Alfenas e a distância e aumentou a oferta de vagas de alguns cursos já oferecidos:

 

Ano de

Implantação

Cursos

2006

Matemática (Licenciatura)

Física (Licenciatura)

Ciência da Computação

Pedagogia

2007

Química (Licenciatura)/Expansão I

Geografia (Bacharelado e Licenciatura)/ Expansão I

Biotecnologia/ Expansão I

Ênfases Ciências Médicas e Ciências Ambientais no curso de Ciências Biológicas (Bacharelado)/ Expansão I

Aumento nº vagas: Química (Bacharelado), Nutrição e Ciências Biológicas (Licenciatura)/ Expansão I

2008

Transformação do Curso de Ciências Biológicas com Ênfase em Ciências Médicas em Biomedicina

2009

História (Licenciatura)/ REUNI

Letras: habilitação em Português ou Espanhol (Licenciatura e Bacharelado)/ REUNI

Ciências Sociais (Licenciatura e Bacharelado)/ REUNI

Fisioterapia/ REUNI

Química (Licenciatura a distância)

Ciências Biológicas (Licenciatura a distância)

2012

Pedagogia (Licenciatura à distância, com polos nos Estados de Minas Gerais e São Paulo)

2014

Medicina (que faz parte do “Programa Mais Médicos” do Governo Federal)

 

 

         Além dessa ampliação, atendendo às tendências de expansão das Instituições Federais de Ensino Superior, foi aprovada pelo Conselho Superior da UNIFAL-MG a criação dos campi nas cidades de Varginha e Poços de Caldas e de uma nova unidade em Alfenas (Unidade Educacional Santa Clara):

 

Ano de Implantação

Campus Avançado

Cursos

(3 anos)

Cursos

2º ciclo

2009

Poços de Caldas/

REUNI

Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

Engenharia Ambiental

 

Engenharia de Minas

 

Engenharia Química

(02 anos)

Varginha/

Expansão II

Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Economia

Ciências Atuariais

 

Administração Pública

 

Ciências Econômicas com ênfase em Controladoria

(1,5 anos)

 

 

          A Pós-graduação, iniciada na Instituição na década de 1980, oferece vários cursos de Especialização presenciais, na área de saúde, no campus de Alfenas: Gerontologia, Farmacologia Clínica, Análises Clínicas, Atenção Farmacêutica, Endodontia, Implantodontia, Periodontia, Terapêutica Nutricional, entre outros. O campus de Varginha oferece Controladoria e Finanças. Na área de Educação, é oferecido o curso Teorias e Práticas na Educação, na modalidade à distância, em diversos polos em Minas Gerais e São Paulo, como também o curso de Gestão Pública Municipal.

         Atualmente, a UNIFAL-MG oferece os seguintes cursos de pós-graduação Stricto sensu, em nível de Mestrado e Doutorado, recomendados pela Capes:

 

Ano de

Implantação

Programas de Pós-graduação Stricto sensu

2005

Ciências Farmacêuticas – Nível de Mestrado.

2008

Química – Nível de Mestrado.

2009

Ciências Fisiológicas (integrando o Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas da Sociedade Brasileira de Fisiologia (SBFis) – Níveis de Mestrado e Doutorado.

2010

Ecologia e Tecnologia Ambiental – Nível de Mestrado.

2011

Enfermagem – Nível de Mestrado;

Biociências Aplicadas à Saúde – Nível de Mestrado;

Engenharia dos Materiais – Nível de Mestrado.

2012

Gestão Pública e Sociedade – Nível de Mestrado;

Ciência e Engenharia Ambiental - Nível de Mestrado;

Ciências Odontológicas - Nível de Mestrado;

Física (campus em Alfenas – MG, em associação ampla com a Universidade Federal de Lavras e Universidade Federal de São João Del Rei) - Nível de Mestrado;

Química – Nível de Doutorado;

2013

Estatística Aplicada e Biometria - Nível de Mestrado;

Ciências Farmacêuticas – Nível de Doutorado;

2014

História Ibérica - Nível Mestrado, modalidade Profissional;

Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede – PROFIAP;

Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física;

2015

Educação – Nível Mestrado;

Ciências Biológicas – Nível Mestrado;

Engenharia Química – Nível Mestrado;

Biociências Aplicadas à Saúde – Nível Doutorado.

 

         Os Programas de Pós-graduação contam com o apoio da Capes e da FAPEMIG por meio de bolsas concedidas aos alunos, além do Programa Institucional de Bolsas da UNIFAL-MG.

         As atividades de pesquisa dos discentes de graduação são viabilizadas mediante os Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica, sendo eles:

PIBIC/CNPq

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica/CNPq

PIBITI/CNPq

Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação

PIBICT/FAPEMIG

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica

PROBIC/UNIFAL-MG

Programa de Bolsas de Iniciação Científica

 

         Para alunos procedentes do 2º Ano do Ensino Médio das Escolas Públicas Municipais ou Estaduais ou Federais dos municípios de Alfenas, de Poços de Caldas e de Varginha, estão disponíveis:

PIBICT-Júnior/ FAPEMIG

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Jr

PIBIC-EM

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio

 

         As ações de extensão, hoje consolidadas, e a criação da Universidade da Terceira Idade (Unati), representam outra via de direcionamento dos trabalhos acadêmicos, a qual possibilita o contato e o intercâmbio permanentes entre o meio universitário e o social, intensificando as relações transformadoras entre ambas por meio de processos educativos, culturais e científicos, visando à melhoria da qualidade do ensino e da pesquisa, à integração com a comunidade e ao fortalecimento do princípio da cidadania, bem como ao intercâmbio artístico-cultural.

         Reconhecida nacionalmente pela qualidade do ensino aos 100 anos, a UNIFAL-MG mais uma vez se prepara para outras conquistas, com a implantação de novos cursos presenciais e polos para o ensino a distância. Dentre os cursos presenciais, foram aprovados pelo Conselho Superior: Terapia Ocupacional, Serviço Social e Filosofia, em trâmite pelo MEC e sem data prevista para implantação.

         Dessa maneira, como Instituição Pública de Ensino Superior, a UNIFAL-MG acredita responder, efetivamente, às demandas educacionais da sociedade e participar dos problemas e desafios impostos pelo desenvolvimento local, regional e nacional.

         A UNIFAL-MG, aos 101 anos, é reconhecida atualmente como instituição de ensino superior de destacada qualidade, com bons resultados em seus cursos de graduação e de pós-graduação e apresenta para os próximos anos oportunidade de crescimento e de melhoria de suas atividades de ensino, de pesquisa, de extensão e de inovação tecnológica.