Lançamento do Projeto “Unifal Empreendedora”

A Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (NidusTec)  e a Agência de Inovação e Empreendedorismo (I9/UNIFAL-MG)  lançaram, nesta segunda-feira, o Projeto Unifal Empreendedora.

Construir e transformar o conhecimento da Universidade em bem-estar social por meio de projetos que sejam capazes de minimizar os problemas da sociedade. Esta é uma das propostas do projeto “UNIFAL-MG EMPREENDEDORA”, lançado na manhã desta segunda-feira, 13/04, na sede da Instituição.

A iniciativa, da Agência de Inovação e Empreendedorismo (I9/UNIFAL-MG) e da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (NidusTec), tem por objetivo empregar o Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica em todos os setores da Universidade: Ensino, Pesquisa, Extensão, Administração e Gestão.

Para falar sobre o conceito de uma universidade empreendedora, a organização convidou o professor Renato de Aquino Faria Nunes, presidente da Rede Mineira de Inovação, da qual a UNIFAL-MG é associada.

O convidado foi apresentado pelo reitor, Prof. Paulo Márcio de Faria e Silva, que o descreveu como uma das “pessoas mais apaixonadas pelo tema empreendedorismo e inovação” que conhece.

Desde o final do ano passado, o presidente da Rede Mineira de Inovação, que já foi reitor da Universidade Federal de Itajubá, é também pesquisador-professor voluntário da UNIFAL-MG. “O professor Renato está hoje aposentado na Universidade Federal de Itajubá, mas continua a militância nessa linha e para alegria nossa, aceitou fazer o processo de cooperação técnica formal com a UNIFAL-MG”, anunciou.

Prof. Paulo Márcio falou também de algumas ações da Universidade na linha de inovação e empreendedorismo, oportunidade em que destacou a atuação da equipe da Agência de Inovação e Empreendedorismo, na pessoa da diretora, Profa. Marcia Paranho Veloso, e afirmou que a Instituição continuará persistindo para os avanços na área. “Inovação é essencial para a vida da Universidade, do próprio grupo de pesquisadores e, em especial, para os acadêmicos que por aqui passam e fazem sua formação”.

Em sua explanação provocativa e entusiasmada, Prof. Renato mostrou que o empreendedorismo em uma universidade vai muito além de propor mecanismos para promover a criação de empresas. “A universidade empreendedora é uma universidade inquieta, que se preocupa com os destinos da sociedade, que se preocupa com os destinos do mundo, que se preocupa com seu próprio destino. É uma instituição que discute abertamente os problemas e não os joga para debaixo do tapete”, explicou.

De acordo com o palestrante, que conversou com a Assessoria de Comunicação, a UNIFAL-MG tem a chance de ser “a universidade empreendedora brasileira”.“A universidade tem a obrigação de resolver tudo sozinha? Não tem. Mas a grande ideia do desenvolvimento é essa: buscar a sociedade concatenada nesses projetos e, no caso das incubadoras, tem que envolver a geradora de conhecimento, as universidades e institutos de pesquisa, o poder público em todos os níveis e o empresariado. É preciso que essas pessoas conversem”, sintetizou.

O projeto “UNIFAL-MG EMPREENDEDORA” também será lançado em breve nos demais campi da Universidade.

Notícias original disponível no em > UNIFAL-MG.

Fotos:

quarta-feira, 15 Abril, 2015