<
Mais da metade dos estudantes das universidades federais são das classes D e E
Acesse detalhes do levantamento do perfil dos discentes
Acesse detalhes do levantamento do perfil dos discentes
Empresa incubada na NidusTec lança novo aplicativo
GasFinder é um aplicativo de localização de postos de combustível
Escola de Enfermagem participa do 2º Simpósio de Câncer de Mama da USP
Docente e discentes apresentaram trabalhos no evento

<< || >>

Notícias


Professor temporário - 16/02 - novas universidades ou novos campi poderão contratar professores sem concurso público

Assessoria de Comunicação - 16/02/2011

O governo federal poderá preencher vagas em novas universidades e escolas técnicas sem a necessidade de promover concursos públicos para a contratação de professores efetivos.
Medida provisória editada pela presidente Dilma Rousseff coloca a expansão das instituições de ensino federais, uma das principais promessas da presidente, na categoria de "excepcional interesse público".
Com isso, fica liberada a contratação de professores temporários, que gozam de regime trabalhista mais precário, para preencher vagas nessas instituições. A MP é editada justamente no momento em que o governo se prepara para cortar R$ 50 bilhões do Orçamento.
O limite de vagas de temporários nas federais ainda será definido.
Na prática, a MP vale só para novas universidades ou novos campi. No caso de professores efetivos que entram em licença, por exemplo, já existe a figura do professor substituto, que é um outro tipo de professor temporário. Agora, com a MP, vagas "virgens" também podem ser ocupadas por temporários.
Além de salários menores (o pagamento é feito por horas trabalhadas), esses professores não têm direito a férias, nem acesso ao plano de carreira que profissionais efetivos desfrutam.
Em discursos e entrevistas, Dilma costuma reforçar sua preocupação com a "valorização dos professores".
De acordo com o texto da MP encaminhada na segunda-feira ao Congresso, a contratação desses profissionais temporários deve respeitar o prazo de um ano, prorrogável por igual período.
O texto não deixa claro, porém, se a vaga temporária poderá ser preenchida por outro professor, também em caráter temporário, após o fim do prazo máximo de dois anos. A MP afirma só que "as contratações serão feitas por tempo determinado".
O Ministério da Educação nega que exista a possibilidade de a vaga ser perpetuada como "temporária". Segundo o MEC, depois dos dois anos, ou mesmo antes disso, haverá contratação, via concurso, de professor efetivo.
A política de contratação de professores temporários, em detrimento de concursos, é alvo de críticas por parte de sindicatos dos docentes, por conta da precariedade da relação trabalhista.

fonte:  Folha de S. Paulo - BRENO COSTA
16 de Fevereiro de 2011 06:40
 

<< Voltar



Leia também:

:: Mais da metade dos estudantes das universidades federais são das classes D e E : - Acesse detalhes do levantamento do perfil dos discentes

:: Empresa incubada na NidusTec lança novo aplicativo : - GasFinder é um aplicativo de localização de postos de combustível

:: Consuni da UNIFAL-MG se reunirá no campus Varginha, na próxima segunda-feira : - Acesse a convocação da reunião

:: Formandos do BCT e das Engenharias colam grau em Poços de Caldas : - Confira fotos das cerimônias

:: Escola de Enfermagem participa do 2º Simpósio de Câncer de Mama da USP : - Docente e discentes apresentaram trabalhos no evento

:: Vem aí... "Uma Noite no Museu" : - Dia 27/08, das 18h30 às 21h. Prestigie!

:: Convocação para Reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNIFAL-MG : - Conselheiros do CEPE se reunirão nesta quinta-feira, 25/08

:: Curso de Ciências Sociais realizará aula magna sobre Durkheim e White : - Nesta sexta-feira, 26/08, a partir das 19h, na sala R-101

:: Turma do curso de Odontologia de 1991 celebra Jubileu de Prata na UNIFAL-MG : - Confira fotos da cerimônia

:: Prace divulga edital de ingresso aos Programas de Assistência Estudantil 2016/2 : - Período de adesão vai até 28/10


Sede - Alfenas

Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700
Centro - Alfenas/MG
CEP: 37130-000
Telefone: (35) 3299-1000

Unidade Educacional - Alfenas

Av. Jovino Fernandes Sales, 2600
Bairro Santa Clara - Alfenas/MG
CEP: 37130-000
Telefone: (35) 3291-4009

Campus Poços de Caldas

Rodovia José Aurélio Vilela, 11999
(BR 267 Km 533)
Cidade Universitária
Poços de Caldas/MG
CEP: 37715-400
Telefone: (35) 3697-4600

Campus Varginha

Avenida Celina Ferreira Ottoni, 4000
Padre Vitor - Varginha/MG
CEP: 37048-395
Telefone: (35) 3219-8640
Desenvolvido por Núcleo de Tecnologia de Informação | Conteúdo mantido por Assessoria de Comunicação Social