F.A.Q. - Perguntas Frequentes

.
1) Por que devo renovar minha matrícula?

2) O que acontece se eu não fizer a renovação de matrícula?

3) Estou licenciado/afastado e não vou cursar nenhuma disciplina no semestre. Preciso renovar matrícula?

4) Esqueci de renovar a matrícula na primeira fase. Posso entrar na fase seguinte?

5) Preciso acessar o sistema nas três fases?

6) Quem renova primeiro tem alguma vantagem para obter a vaga em uma disciplina?

7) Não gostei do horário que o sistema gerou automaticamente na primeira fase. Posso mudar?

8) Quero cursar uma dependência que está em choque de horário com uma disciplina do meu período. Como proceder?

9) Porque o sistema indeferiu meu pedido de matrícula em uma disciplina?

10) Tive uma disciplina indeferida mas preciso ou quero cursá-la. Tenho alguma alternativa?

11) Quais são os critérios de desempate quando o número de solicitações é maior que o número de vagas em uma turma?

12) Quais disciplinas posso solicitar em cada fase?

13) Como posso comprovar que renovei a matrícula?

14) Mesmo depois das três fases, não fiquei satisfeito com meu plano de estudos. Como proceder?

15) Estou com problemas para logar. Como resolver?

16) Como consultar meu número de matrícula?

17) Como posso acessar o Sistema Acadêmico?

18) Estou com problemas de acesso ao sistema, o que devo fazer?

19) Gostaria de cursar uma matéria equivalente em outro curso, mas ela não aparece em minhas buscas, o que devo fazer?

20) Colei grau em um dos Bacharelados Interdisciplinares e estou reingressando nos cursos de segundo ciclo. Como proceder?

21) Seu eu renovar minha matrícula diretamente, sem alterar o plano de estudos, poderei fazer alterações posteriores?

22) É possível se matricular em disciplinas equivalentes?

 

Respostas

1) Por que devo renovar minha matrícula?

De acordo com o Art. 67 do REGULAMENTO GERAL DE CURSOS DA GRADUAÇÃO, "O discente deverá renovar sua matrícula a cada período letivo nos prazos estabelecidos no calendário acadêmico.". Além disso, é no processo de renovação de matrículas que são definidas as disciplinas que o discente irá cursar no semestre seguinte.

Voltar ao topo

 

2) O que acontece se eu não fizer a renovação de matrícula?

De acordo com o Art. 67 do REGULAMENTO GERAL DE CURSOS DA GRADUAÇÃO, parágrafo único, "A não efetivação da matrícula implicará o desligamento do discente nos termos deste regulamento.".

Voltar ao topo

 

3) Estou licenciado/afastado e não vou cursar nenhuma disciplina no semestre. Preciso renovar matrícula?

Alunos licenciados/afastados (licença saúde, licença gestante, mobilidade acadêmica, ciência sem fronteiras, etc) devem entrar no sistema e renovar vínculo, sem a seleção de disciplinas. Mais informações podem ser vistas nesse link.

Voltar ao topo

 

4) Esqueci de renovar a matrícula na primeira fase. Posso entrar na fase seguinte?

Sim, a renovação de matrículas ainda poderá ser feita a partir da segunda fase. Entretanto, as vagas nas disciplinas do período do discente, que haviam sido deferidas automaticamente na primeira fase são liberadas para concorrência, sendo que o discente passa a concorrer por essas vagas a partir da fase em que ele renovar a matrícula com outros discentes.

Voltar ao topo

 

5) Preciso acessar o sistema nas três fases?

Não é necessário acessar o sistema nas três fases para que sua matrícula seja renovada. O acesso a partir da segunda fase é necessário apenas a quem fez alterações na fase anterior (para checar o deferimento ou não) ou para efetuar novas alterações no plano de estudos.

Voltar ao topo

 

6) Quem renova primeiro tem alguma vantagem para obter a vaga em uma disciplina?

NÃO, a ordem de chegada não possui nenhum impacto nos critérios de desempate.

Voltar ao topo

 

7) Não gostei do horário que o sistema gerou automaticamente na primeira fase. Posso mudar?

Sim, é possível. Entretanto, para tentar uma mudança de turma, o discente deve desistir da vaga já deferida para tentar concorrer, sem a garantia da vaga, na nova turma.

Voltar ao topo

 

8) Quero cursar uma dependência que está em choque de horário com uma disciplina do meu período. Como proceder?

Se quiser mesmo cursar a dependência que está com choque de horário, o discente deve desistir da vaga já deferida para tentar concorrer, sem a garantia da vaga, na nova turma.

Voltar ao topo

 

9) Porque o sistema indeferiu meu pedido de matrícula em uma disciplina?

O número de vagas em cada disciplina é limitado. Quando o número de solicitações é maior que o número de vagas, os alunos são classificados de acordo com os critérios estabelecidos pela PROGRAD.

Voltar ao topo

 

10) Tive uma disciplina indeferida mas preciso ou quero cursá-la. Tenho alguma alternativa?

Pelo próprio sistema, o aluno pode marcar a opção "Tentar novamente" na próxima fase. A tentativa é válida uma vez que podem ocorrer desistências na turma por alunos que queiram cursar outras disciplinas que estejam em choque de horário na turma desejada. A partir da segunda fase, também é possível buscar a turma em outros cursos se esta for ofertada com o mesmo código e ementa ou for equivalente.

Voltar ao topo

 

11) Quais são os critérios de desempate quando o número de solicitações é maior que o número de vagas em uma turma?

Os critérios de desempate podem ser vistos nesta página.

Voltar ao topo

 

12) Quais disciplinas posso solicitar em cada fase?

A busca de turmas segue uma hierarquia para cada fase, conforme a estrutura a seguir:

  • 1ª Fase - busca de turmas específica por curso: o aluno inicia o processo de renovação de matrículas com um plano de estudos contendo as disciplinas de seu período previamente deferidas. O aluno busca ofertas de disciplinas (turmas) somente em seu curso e turno.
  • 2ª Fase - turmas disponíveis para todos os cursos: o aluno pode buscar turmas em outros cursos que possuem a mesma disciplina que ele deve cursar. As prioridades para matrículas nas turmas são:
    • Alunos do curso / turno;
    • Alunos do curso (independente do turno);
    • Alunos de outros cursos.
  • 3ª Fase - vagas remanescentes: os critérios e prioridades são os mesmos da 2ª fase a partir das vagas remanescentes.

Para mais detalhes, acesse a página que explica o processo de renovação de matrículas.

Voltar ao topo

 

13) Como posso comprovar que renovei a matrícula?

No próprio Sistema Acadêmico, na aba Protocolos de Renovação de Matrículas.

Voltar ao topo

 

14) Mesmo depois das três fases, não fiquei satisfeito com meu plano de estudos. Como proceder?

Nesse caso, dentro das datas definidas no cronograma, o discente deve enviar um recurso, por escrito, através do sistema, exceto para os cursos Bacharelado Interdisciplinar, que devem procurar seus coordenadores.

Voltar ao topo

 

15) Estou com problemas para logar. Como resolver?

  • O login no sistema é feito através do número de matrícula. Este deve ser pontuado da seguinte maneira:
    • 2009.x.xx.xxx - Alunos de Graduação
    • 2009.x.xxx.xxx - Alunos de Pós-Graduação
  • A senha inicial para ALUNOS (que ainda não a tenham alterado) é a data de nascimento no formato DD/MM/AAA (exemplo: 31/12/1990).
  • Caso você tenha esquecido ou perdido sua senha, peça uma nova senha através do link Recuperar Senha na página inicial do Sistema Acadêmico.
  • Se você não receber sua nova senha, cheque a pasta spam ou lixo eletrônico.
  • Se ainda assim não recebeu ou caso necessite alterar ou corrigir seu email, entre em contato com o DRGCA de seu campus.

Voltar ao topo

 

16) Como consultar meu número de matrícula?

Através do link Consultar número de matrícula na página inicial do Sistema Acadêmico.

Voltar ao topo

 

17) Como posso acessar o Sistema Acadêmico?

Através do link Sistema Acadêmico no topo do portal da UNIFAL-MG ou diretamente pelo endereço http://academico.unifal-mg.edu.br

⇑ Voltar ao topo

 

18) Estou com problemas de acesso ao sistema, o que devo fazer?

Entrar em contato imediatamente informando o problema para que seja resolvido.

⇑ Voltar ao topo

 

19) Gostaria de cursar uma matéria equivalente em outro curso, mas ela não aparece em minhas buscas, o que devo fazer?

A equivalência não aparece pois as ementas devem ser diferentes. Se houver uma equivalência aprovada na dinâmica curricular, o aluno conseguirá se matricular a partir da segunda fase. Caso contrário, procure seu coordenador no período de adequação para que ele verifique a compatibilidade de carga horária e conteúdo e a possibilidade de abertura de vaga.

⇑ Voltar ao topo

 

20) Colei grau em um dos Bacharelados Interdisciplinares e estou reingressando nos cursos de segundo ciclo. Como proceder?

Você deverá renovar sua matrícula a partir da segunda fase, de acordo com o cronograma estabelecido.

⇑ Voltar ao topo

 

21) Seu eu renovar minha matrícula diretamente, sem alterar o plano de estudos, poderei fazer alterações posteriores?

Sim, durante todo o período de renovação de matrículas, o aluno pode fazer alteraçõe no plano de estudos a qualquer momento.

⇑ Voltar ao topo

 

22) É possível se matricular em disciplinas equivalentes?

Sim, a partir de 2015/1, na segunda e terceira fases será possível também aos alunos se matricularem em disciplinas equivalentes oferecidas por outros cursos. Essas equivalências devem estar aprovadas na dinâmica curricular do curso. Até então, isso somente era possível na adequação de matrículas pelo coordenador.

⇑ Voltar ao topo