Como melhorar a criação e os resultados experimentais através do bem-estar animal

Unifal-MG, 06 de novembro de 2019, campus sede - Alfenas.

Apresentação

A preocupação com o animal durante a experimentação deve ser importante não só do ponto de vista científico, mas também do ponto de vista ético e de bem-estar. Assim, saber conduzir o experimento baseado em bem-estar animal favorece a obtenção de resultados reproduzíveis e fidedignos.
O CONCEA (Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal), órgão responsável por legislar a experimentação animal no Brasil, tem demonstrado grande preocupação quanto ao bem-estar dos animais de pesquisa, fazendo leis que regem a ética e a boa conduta perante o animal. A falta de conhecimento e experiência do pesquisador perante o animal faz com que o mesmo sofra as consequências de um mau manejo e da falta de emprego adequado de anestésicos e analgésicos, alterando os resultados experimentais como consequência da dor e estresse. O conhecimento sobre bem estar animal é a chave para um menor sofrimento e para resultados experimentais reproduzíveis e fidedignos.
 

Inscrições gratuitas

Coordenação

Coordenadora
Érika Kristina Incerpi Garcia
 
Coordenador adjunto
João Francisco Vitorio Rodrigues