Histórias de quando a água chegou

Histórias de quando a água chegou: um resgate cultural/literário dos relatos orais surgidos com a construção da barragem de Furnas 
Registrar histórias da tradição oral na forma escrita é um recurso comumente utilizado na Literatura. Diante disso, é correto afirmar que, durante a história da humanidade, a oralidade sempre esteve presente como fonte inspiradora que, no caso específico da região do sul de Minas, se pode constatar que existe um acervo considerável de histórias da tradição oral. Por sua vez, decorridas já mais de cinco décadas desde a inundação provocada pela Usina Hidrelétrica de Furnas, muitas dessas histórias, que se consideravam perdidas ou esquecidas, voltaram à memória e às rodas de conversa às margens do Lago de Furnas com o período de baixa no nível das águas, deixando à mostra as ruínas de um passado submerso, sendo que, algumas dessas histórias, em Alfenas, foram registradas pelo escritor Waldir de Luna Carneiro, autor de contos, peças teatrais e roteiros para cinema. Em suma, a proposta tem a finalidade de recolher, antes que se percam, esses relatos e disponibilizá-los como acervo cultural
Coordenador: Ítalo Oscar Riccardi Leon 
Coordenador Adjunto: Wellington Ferreira Lima