Histórico

    Com o processo do Reuni, a transformação em universidade e a consequente ampliação da UNIFAL-MG, foi criado em 2010 o Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), que é a primeira Unidade Acadêmica de Humanidades das IFES presentes na Mesorregião Sul e Sudoeste de Minas Gerais, que abrange 146 municípios distribuídos em dez microrregiões.

    O ICHL resultou da transformação do antigo Departamento de Ciências Humanas, criado em 2009, ainda na estrutura exclusivamente departamental remanescente da EFOA/CEUFE, que teve como primeiro chefe o Prof. Fábio de Barros Silva, posteriormente substituído pelo Prof. Paulo Denisar Vasconcelos Fraga, que viria a ser o primeiro diretor do Instituto.

   A orientação filosófico-acadêmica do ICHL encontra-se expressa nas linhas gerais dos incisos do Art. 3º de seu Regimento Interno, que lhe atribui como finalidades político-institucionais:

I - promover a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão, com viés crítico, ético e humanístico;

II - primar pelo desenvolvimento crítico e reflexivo da produção do conhecimento, com compromisso acadêmico e social;

III - defender a valorização da cultura universal como patrimônio histórico da humanidade, reconhecendo-a em sua riqueza e diversidade;

IV - contribuir para a plena afirmação e reconhecimento da UNIFAL-MG como universidade pública federal nos planos regional, nacional e internacional.

   Instalado no Pavilhão V da Unidade Educacional I do Campus Sede de Alfenas, o ICHL, atualmente dirigido pelo Prof. Paulo César de Oliveira  abriga os docentes dos cursos pertencentes às grandes áreas de Ciências Humanas e de Linguística, Letras e Artes, que são Pedagogia, História, Ciências Sociais e Letras.

   Maior Unidade Acadêmica do Campus Sede da UNIFAL-MG, o ICHL congrega 70 professores efetivos lotados nos departamentos de Ciências Humanas e de Letras, que atuam em todas as áreas do conhecimento sediadas no Campus.

   O ICHL conta, ainda, com dois cursos de Pós-Graduação stricto sensu, o Mestrado Profissional em História Ibérica, criado em 2013 e coordenado pelo Prof. Adailson José Rui, e o Mestrado Acadêmico em Educação, criado em 2014 e coordenado pelo Prof. André Luiz Sena Mariano.

  Em sua funcionalidade político-administrativa, procurando evitar o modelo burocrático-gerencialista, o ICHL, seus departamentos e cursos primam pela participação e democracia internas, sendo a Congregação do Instituto, as Assembleias Departamentais  e os Colegiados dos Cursos valorizados constantemente como instâncias fundamentais do debate público e da decisão coletiva.

   Com espírito de cumprir ativamente seu papel na construção de uma universidade não apenas qualificada tecnicamente, mas crítica e reflexiva, o ICHL teve a iniciativa de propor o primeiro evento institucional sobre a instituição universidade, denominado Seminários Abertos “A ideia de universidade”, que já realizou duas edições. Paralelamente, com similar intuito, criou o evento “Conferências Humanísticas”, visando um espaço de excelência para debater grandes temas da sociabilidade humana, da cultura e da ciência.