PET - Odontologia

 

Programa de Eduacação Tutorial do Curso de Odontologia da UNIFAL-MG

(PET-Odontologia)

 

Tutora: Marcela Filié Haddad

Com 29 anos de existência, atualmente, o grupo PET-Odontologia é composto por uma professora tutora, 12 acadêmicos bolsistas e 2 não bolsistas que desenvolvem atividades de ensino, pesquisa e extensão. Para fazer parte da equipe é necessário passar por um processo seletivo, que ocorre ao término de cada semestre letivo.

O grupo PET-Odontologia é engajado com a disseminação do conhecimento e valorização das atividades de ensino, promovendo eventos como o “Sala Aberta”, os “Ciclos de Seminários”, “Simpósios”, oficinas, ministradas por professores convidados, abordando diversos temas de interesse, voltadas à formação dos próprios petianos e também dos acadêmicos do curso de Odontologia.

O grupo também desenvolve projetos de extensão com o objetivo de aproximar a comunidade acadêmica e a população externa, como o Projeto de “Reabilitação de Pacientes Oncológicos” e “Assistência a pacientes geriátricos institucionalizados”. O “Odontologia de Portas Abertas” que é uma ação que tem como finalidade recepcionar os calouros e apresentá-los ao curso de modo a auxiliar na diminuição da evasão estudantil durante a graduação e, dentre suas ações, há uma campanha para doação de sangue que visa aproximar os ingressantes da comunidade de Alfenas. O CinePET é uma ação aberta a toda comunidade e com enfoque cultural, na qual filmes são exibidos e, ao seu final, é feita uma reflexão acerca do tema abordado com participação de todos os presentes.

O grupo se reúne semanalmente para a elaboração e desenvolvimento das atividades citadas acima e, além das atividades já citadas, durante a permanência no grupo PET-Odontologia, o acadêmico realiza pelo menos um projeto de iniciação cientifica para desenvolver habilidades inerentes à pesquisa científica; participa de eventos regionais e nacionais, vinculados ou não ao Programa, para difundir as ações desenvolvidas pelo grupo e os resultados dos seus trabalhos de pesquisa; e também deve exercer pelo menos uma monitoria, na disciplina que preferir, com o intuito de contribuir para a melhoria do ensino na graduação e desenvolver habilidades inerentes à prática docente, tendo em vista que a carreira acadêmica é o objetivo da maioria dos acadêmicos que busca participar do PET.