PDI 2016-2020

PDI

Comissão

Comissão

Títular Suplente Unidade
Adriano Antonio Nuintin Tomás Dias Sant’Ana Proplan
Débora Silva Barroso
de Araújo
João Batista Magalhães Cláudia R. de M.
Durante
Reitoria
Vera Lúcia de Carvalho Rosa Helena Ma. dos S.Couto Proaf
Maria Regina Fernandes da
Silva
Eliane Garcia Rezende Proex
Alessandro Antônio Costa
Pereira
Jacqueline Aparecida
Silva
Prace
Laís Aparecida Bernardes
Pereira
Fernanda Paiva de Oliveira Progepe
Lana Ermelinda da Silva
dos Santos
Alessandro Ap. Pereira Prograd
Eva Burger Marcos José Marques PRPPG
Maria de Fátima Rodrigues Sarkis Rodrigo Sampaio Fernandes Campus Poços de Caldas/ICT
Rúbio Rodrigues Cláudio João Estevão Barbosa Neto Campus Varginha
Maria Regina Marinez Daniel F. M. Lobato Escola de Enfermagem
Fernanda Borges de Araújo Magali Benjamim de Araújo Ciências Farmacêuticas
Cristina Garcia Lopes Alves Simonton de A. Silveira Faculdade de Nutrição
Francisca Isabel Ruela Mânio de Carvalho Tibúrcio Faculdade de Odontologia
Tomaz Henrique Araújo Alexandre Giusti Paiva Instituto de Ciências
Biomédicas
Ronaldo Luiz Mincato Cibele Marli C. P. Gouvêa Instituto de Ciências
da Natureza
Evandro Monteiro Eric Batista Ferreira Instituto de Ciências Exatas
Paulo Denisar
Vasconcelos Fraga
Sandro Amadeu Cerveira Inst. Ciências Humanas e
Letras
Eduardo Tonon de Almeida Fábio Luiz Pissetti Instituto de Química
Leandro Rivelli Teixeira
Nogueira
Wesllay Carlos Ribeiro Inst. Ciências Sociais
e Aplicadas
Márcia Paranho Veloso Eduardo Gomes Salgado Agência de Inovação
Ana Carolina de Araújo Assessoria de
Comunicação
Masaharu Ikegaki Assessoria Rel.
Interinstitucionais
Fátima dos Reis Goiatá Ronan Lázaro Gondim Biblioteca Central
Luiz Eduardo da Silva Eliane Marques Silveira CEAD
Geórgia Valéria A. L. Nunes Cristina Mara Espósito DRGCA
Dérik Filipe Ferreira Rosa DCE-LF
Beatriz Garcia de Araújo Ferreira Cléber Moterani Tavares NTI
Diogo Guilherme Pereira Proplan

Cronograma

Cronograma

Cronograma PDI 2016-2020
Atividades Prazo
Constituição da comissão para a elaboração do PDI 2016-2020  Maio  2014
Apresentação dos resultados parciais do PDI 2011-2015  Julho 2014
Apresentação da metodologia  Junho/Julho 2014
Divulgação do PDI  Junho/Julho 2014
Avaliação  e definição da missão, da visão e dos valores Julho / Setembro 2014
Avaliação e definição dos resultados institucionais   Outubro / Dezembro 2014
Avaliação dos resultados da análise do ambiente interno e externo
Avaliação e definição dos objetivos estratégicos por área/tema estratégico
Avaliação e definição dos indicadores e de metas   Janeiro / Abril 2015
Documento parcial do PDI 2016-2020  Maio  2015
Revisão do documento  Junho 2015
Redação final do documento e envio ao CONSUNI  Agosto / Setembro 2015

Grupo de trabalho

Composição das subcomissões

Áreas/Temas Estratégicos

Líder Subcomissão

Demais Membros

Ensino

Prograd

PRPPG, Proex, ICHL, Biblioteca, DCE, FCF, DRGCA, ICEx, CEAD, ICT, Assessoria de Relações Interinstitucionais, EE, ICB
Pesquisa

PRPPG

Prograd, Proex, Agência de Inovação, ICEx, Biblioteca Central, ICT e Assessoria de Relações Interinstitucionais.
Extensão

Proex

Prograd, PRPPG, FO, FANUT, CEAD, ICSA.
Gestão Universitária Infraestrutura e Orçamento

Proplan e Proaf

Campi de Varginha e de Poços de Caldas, ICSA, ICT, NTI, Reitoria, Ascom, CPA.
Qualidade de Vida e Pessoas

Progepe e Prace

EE, IQ, ICB, Ascom, ICN.
Consolidação

Proplan

Líderes das Subcomissões, Reitoria, Ascom, CPA.

 

Legislação do PDI

Legislação

Para elaborar o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) é necessário consultar:
Artigo 16 do Decreto nº 5.773 de 09 de maio de 2006 (http://www4.mec.gov.br/sapiens/pdi.html)
Decreto nº 5.773, de 9 de maior de 2006 (http://www4.mec.gov.br/sapiens/portarias/dec5773.htm)
Portaria nº 4.361, de 29 de dezembro de 2004 (http://www4.mec.gov.br/sapiens/portarias/port4361.pdf)

Notícias do PDI

Notícias sobre o PDI

27 de março de 2015.

Comissão retoma as atividades de elaboração do novo PDI

Acompanhe o andamento dos trabalhos

A comissão responsável pela elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI – 2016-2020) da UNIFAL-MG retomou as atividades para traçar as diretrizes do novo documento.

            Segundo o presidente da comissão, Prof. Adriano Antonio Nuintin, nesta fase, os integrantes estão finalizando os indicadores e metas. Dentre outras atividades, também estão sendo trabalhados os tópicos que fazem parte do novo documento, como o Perfil Institucional, o Projeto Pedagógico da Instituição, a Organização Didático-Pedagógica, o Perfil do Corpo Docente, a Organização Administrativa, a Infraestrutura Física e Instalações Acadêmicas, a Oferta de Cursos de Educação a Distância e Programas de Mestrado e Doutorado, e o  Demonstrativo de Capacidade e Sustentabilidade Financeira.

            A previsão é que a redação final do PDI seja levada para apreciação do Conselho Universitário da UNIFAL-MG (Consuni), no início do segundo semestre de 2015.


12 de setembro de 2014.

O desenvolvimento da nossa Universidade depende de todos nós

Contribua para a construção do PDI!

Termina hoje, 12/09, o prazo para que a comunidade universitária possa contribuir para a construção do novo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), que terá validade de 2016 a 2020.

Para participar, basta acessar o link disponível na página da Instituição e preencher o formulário de perguntas, cujas respostas serão utilizadas para determinar a Missão, a Visão e os Valores da Universidade.

A elaboração do documento de forma coletiva é essencial tanto para a condução das ações planejadas para a evolução da UNIFAL-MG quanto para regularização da vida institucional, por isso, é fundamental a participação de todos. Quanto mais pessoas envolvidas, melhor será para o desenvolvimento da Universidade.


01 de setembro de 2014.

A UNIFAL-MG convida toda comunidade universitária para ajudar na construção donovo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), que terá validade de 2016 a 2020.

Até o dia 12/09, professores, servidores técnico-administrativos, alunos, colaboradores e membros da comunidade externa poderão contribuir, acessando aqui o link, e preenchendo o formulário de perguntas, cujas respostas serão utilizadas para determinar a Missão, a Visãoe os Valores da Universidade.

A elaboração do documento de forma coletiva é essencial tanto para a condução das ações planejadas para a evolução da UNIFAL-MG quanto para regularização da vida institucional, por isso, é fundamental a participação de todos. Quanto mais pessoas envolvidas, melhor será para o desenvolvimento da Universidade.

Fazendo a sua parte, você ajuda a pensar o futuro da UNIFAL-MG!


09 e 11 de julho de 2014.

Apresentação sobre o PDI 2016-2020 nos campi de Varginha e de Poços de Caldas

Nos dias 09 e 11 de julho de 2014, foram realizadas, pelo Prof. Adriano Antonio Nuintin, as apresentações sobre a elaboração da proposta do Plano de Desenvolvimento Institucional 2016-2020 para a comunidade acadêmica dos campi de Varginha e Poços de Caldas.

O evento foi iniciado com a apresentação da Vice-Reitora Profa. Magali Benjamim de Araújo, sobre a importância do PDI para a universidade e a participação da comunidade acadêmica na elaboração do plano.

    

Após a apresentação sobre o PDI a Vice-Reitora abordou o tema Avaliação Institucional descrevendo todo o processo e sua importância.

 

03 de julho de 2014.

Foi realizada a 1ª reunião da Comissão para elaboração da proposta do PDI 2016-2020. Na oportunidade foi apresentada a metodologia para a construção da mesma, bem como a constituição das subcomissões por área estratégica. Está previsto uma apresentação sobre o PDI nos campi de Varginha e Poços de Caldas nos dias 09/07/2014 e 11/07/2014, respectivamente, e em agosto de 2014 na Sede.

Consulta a comunidade

Consulta a comunidade

Comunidade universitária avalia ambiente interno e externo da UNIFAL-MG

Após a conclusão da 1ª etapa de elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI – 2016-2020), que contemplou a revisão do PDI vigente e a nova proposta da Missão, Visão e Valores da Universidade, a comissão responsável – constituída por representantes de todos os órgãos da UNIFAL-MG incluindo o Diretório Central dos Estudantes – inicia a 2ª etapa dos trabalhos, com o levantamento das principais questões relacionadas ao ambiente interno e externo da Instituição.

Basta acessar o link: 

https://docs.google.com/forms/d/1VdehI4fmoSnk47azdu6WT9ObPiSv-4YvhDQmGMU…

Metodologia

Metodologia

O Ministério da Educação (MEC) orienta que a metodologia de desenvolvimento do PDI deve ser aberta de tal modo que cada instituição possa adequar à sua realidade os trabalhos para construção desse documento.

Tem-se como princípio para o desenvolvimento do PDI o envolvimento das diversas instâncias da comunidade universitária, para que seja construído de modo participativo e reflita os direcionamentos dos mesmos. Devem-se buscar alguns princípios orientadores na construção do PDI: clareza, objetividade, coerência e factibilidade. Uma vez que o PDI é o documento norteador da instituição e não meramente um documento para constar nos registros.

Recomenda-se que o PDI seja elaborado para um período de cinco anos, assim sendo, devemos olhar para o futuro e refletir sobre o que esperamos de nossa Universidade e nos caminhos para chegar ao êxito.

Conforme o Art. 16.  do Decreto 5.773 de 9 de maio de 2006, o plano de desenvolvimento institucional deverá conter, pelo menos, os seguintes elementos:: I – missão, objetivos e metas da instituição, em sua área de atuação, bem como seu histórico de implantação e desenvolvimento, se for o caso; II – projeto pedagógico da instituição; III – cronograma de implantação e desenvolvimento da instituição e de cada um de seus cursos, especificando-se a programação de abertura de cursos, aumento de vagas, ampliação das instalações físicas e, quando for o caso, a previsão de abertura dos cursos fora de sede; IV – organização didático-pedagógica da instituição, com a indicação de número de turmas previstas por curso, número de alunos por turma, locais e turnos de funcionamento e eventuais inovações consideradas significativas, especialmente quanto a flexibilidade dos componentes curriculares, oportunidades diferenciadas de integralização do curso, atividades práticas e estágios, desenvolvimento de materiais pedagógicos e incorporação de avanços  tecnológicos; V – perfil do corpo docente, indicando requisitos de titulação, experiência no magistério superior e experiência profissional não acadêmica, bem como os critérios de seleção e contração, a existência de plano de carreira, o regime de trabalho e os procedimentos para substituição eventual dos professores do quadro; VI – organização administrativa da instituição, identificando as formas de participação dos professores e alunos nos órgãos colegiados responsáveis pela condução dos assuntos acadêmicos e os procedimentos de auto- avaliação institucional e de atendimento aos alunos;  VII – infraestrutura física e instalações acadêmicas, especificando; VIII – oferta de educação a distância, sua abrangência e polos de apoio presencial; IX – oferta de cursos e programas de mestrado e doutorado; e X – demonstrativo de capacidade e sustentabilidade financeiras.

Os objetivos estratégicos, os indicadores e as metas são divididos em áreas/temas estratégicos: I – ensino; II – pesquisa; III – extensão; IV – qualidade de vida; V – gestão universitária; VI pessoas; VII infraestrutura; e orçamento.

Para a elaboração da proposta do PDI 2016-2020, foi constituída uma comissão composta por representantes da Retoria, Pró-Reitorias, Campi, Unidades Acadêmicas, Órgãos de Apoio e Suplementares, TAEs e Discentes.

A metodologia de trabalho tem a seguinte questão norteadora: Como inter-relacionar as áreas estratégicas, os objetivos, os indicadores, as metas, as ações, visando alcançar a missão, a visão, de acordo com os valores da instituição?

Para isso, as atividades serão realizadas com base nos conceitos de Visão Sistêmica, Fatores Críticos de Sucesso e nas ferramentas Análise SWOT e Balanced Scorecard – BSC.

E para a definição da missão, visão, valores, objetivos estratégicos, indicadores, metas e demais elementos, serão considerados os resultados parciais do PDI vigente e as opiniões e informações coletadas junto à comunidade.