Reitoria entrega certificados de conclusão de curso que conferem o título de mestra a servidoras da Instituição

Em novembro, os programas de Pós-Graduação em Biociências Aplicadas à Saúde e em Administração Pública, da UNIFAL-MG, entregaram dois novos títulos de mestras: Leilane Sales de Oliveira, do Laboratório de Genética Humana, e Leila Helena Caldas Oliveira, da Divisão de Compras, foram as servidoras técnico-administrativas que, respectivamente, concluíram o mestrado na Instituição. Leilane recebeu o título pelo reitor da Universidade, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, no dia 27/11, ao passo que a entrega do certificado à Leila ocorreu no dia 29/11, pelo vice-reitor, Prof. Alessandro Antônio da Costa Pereira.

Sobre as pesquisas

“Efeito citotóxico do composto YM-155 em linhagens derivadas de leucemia linfóide aguda de células T” foi a dissertação desenvolvida por Leilane, sob a orientação de Jaqueline Carvalho de Oliveira, que integrou o Programa de Pós-Graduação em Biociências Aplicadas à Saúde, e coorientação da professora Marisa Ionta (Instituto de Ciências Biomédicas), a fim de avaliar os efeitos do YM-155 no crescimento e morte celular de um tipo agressivo de câncer, cujo desafio, no tratamento atual, concentra-se na morbidade após os regimes de quimioterapia convencionais e na sobrevida pós-recaída. “Esse composto tem demonstrado potente efeito antiproliferativo em relação a uma grande variedade de tumores humanos, porém a sua atividade, até então, havia sido pouco explorada em linhagens de células T”, explicou a servidora.

Leilane foi recebida pelo reitor, Prof. Sandro, no Gabinete, no dia 27/11 (Foto: Dicom/UNIFAL-MG)

Na sua pesquisa, foi possível concluir a eficácia do YM-155, o qual pode ser considerado um agente antitumoral promissor em linhagens de LLA-T. “Espero que todo conhecimento adquirido nessa fase tenha aprimorado minha qualificação profissional para que eu possa contribuir profundamente com o sucesso dos resultados da nossa Instituição”, disse a servidora, grata pelo suporte de professores e colegas que a apoiaram nesse período. “Foi muito gratificante conquistar o título de mestra na mesma Instituição em que me tornei farmacêutica, em 2010; em que atuei como assistente de laboratório, no Laboratório Central de Análises Clínicas (LACEN), em 2012; e em que, desde 2013, ocupo o cargo de farmacêutica-bioquímica”, finalizou Leilane.

Já a pesquisa de Leila, intitulada “Fatores que contribuem para o cancelamento de itens dos pregões eletrônicos: análise dos processos de compras da UNIFAL-MG”, feita sob a orientação do professor Leandro Rivelli Teixeira Nogueira (Instituto de Ciências Sociais Aplicadas) e coorientação do Marçal Serafim Candido (Instituto de Ciências Sociais Aplicadas), no Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP), teve o objetivo de compreender as razões do insucesso de determinados pregões eletrônicos, uma modalidade licitatória transparente, flexível e econômica. “Apesar das características positivas atribuídas, quando um pregão eletrônico não obtém êxito, outro processo é lançado, e isso gera mais custos ao órgão público responsável pelo certame”, explicou.

De acordo com a servidora, o seu estudo procurou identificar os fatores intrínsecos e extrínsecos ao processo licitatório, os quais podem contribuir para o cancelamento de itens dos pregões eletrônicos realizados pela UNIFAL-MG, de forma a propor ações e sugestões de melhoria nos procedimentos de compras da Instituição. “Como atuo na Divisão de Compras, considero que o aprimoramento e o desenvolvimento de ações que auxiliam nas atividades relacionadas às compras e contratações são válidas, pois possuem grande importância tanto para a Universidade quanto para os envolvidos no processo”, destacou Leila, que também salientou a importância do mestrado para o seu desenvolvimento.

“O aprendizado adquirido no curso faz muita diferença no desempenho de minhas atividades laborais, tendo em vista que foi possível aliar o Trabalho de Conclusão Final (TCF/Dissertação) com a prática do setor em que atuo. Agradeço imensamente à UNIFAL-MG por ofertar esse curso e a todos aqueles que, de algum modo, contribuíram para que eu pudesse finalizar o mestrado”, concluiu.

Fotos: Dicom/UNIFAL-MG

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap