MedTrop

Já imaginou um evento que proponha a integração da ciência, da educação e também da tecnologia, tudo isso em apenas quatro dias? Sim, isso existe e já tem até a data confirmada: 28/07 a 31/07. Ficou curioso(a)? Iremos te contar mais sobre.

Esse evento se chama MedTop 2019 e neste ano a cidade sede será a capital do nosso querido estado de Minas Gerais, Belo Horizonte. O tema do evento é “Convergência e inclusão: em busca de soluções sustentáveis para o diagnóstico, tratamento e controle das doenças tropicais”.

E ainda tem mais! Foi aprovada a realização conjunta do evento com o XXVI Congresso Brasileiro de Parasitologia (Sociedade Brasileira de Parasitologia) e com a reunião de pesquisa aplicada ChagasLeish 2019, o que possibilita, em meio a tantas restrições e cortes educacionais em um difícil cenário político-econômico, um networking sensacional das áreas correlatas, fortalecendo assim a Ciência Brasileira.

Ainda, temos o prazer de anunciar que vários resumos de colaborados do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas tiveram seus resumos enviados e serão divulgados! Entrevistamos duas colaboradoras que tiveram seus resumos escolhidos, acompanhe abaixo:

  Profa. Dra. Lívia de Figueiredo Diniz Castro

  1. Qual a sua área de pesquisa na UNIFAL-MG?

“Desenvolvo projetos na área de interação patógeno-hospedeiro; mais especificamente, novas estratégias de tratamento para a doença de Chagas. “

  1. Qual é o tema abordado no resumo submetido?

“O resumo aborda a utilização de estratégias terapêuticas promissoras, o reposicionamento e a combinação de fármacos, no tratamento da infecção de camundongos pelo protozoário Trypanosoma cruzi. “

 

Profa. Dra. Raquel Lopes Martins Souza

  1. Qual a sua área de pesquisa na UNIFAL-MG?

“Atualmente o foco é parasitologia, com ênfase naesquistossomose causada pelo Schistossomamansoni.“

 

  1. Qual é o tema abordado no resumo submetido?

“O resumo referencia uma dissertação de mestrado e aborda o efeito de anti-hipertensivos no desenvolvimento do granuloma esquistossomotico.“

 

Por fim, ambas entrevistadas se apresentaram animadas com o evento e reconheceram a importância do mesmo, principalmente esta edição que aborda mais de um evento em si.

Profa. Dra. Raquel Lopes comentou que tem muito interesse em saber o que está sendo desenvolvido no âmbito parasitológico, principalmente da esquistossomose, e a Profa. Dra. Lívia Diniz comenta sobre a excelente oportunidade de interagir com outros pesquisadores e ainda apresentar alguns trabalhados desenvolvidos dentro do programa.