Bolsas de Pós-Graduação

Bolsas de Pós-Graduação stricto sensu no âmbito da UNIFAL-MG - modalidades e informações

 

 

CAPES/DS

Programa de Demanda Social (DS)

Objetivo:
 
Promover a formação de recursos humanos de alto nível, por meio de concessão de bolsas a cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado).
 
Condições obrigatórias
 
As bolsas serão concedidas a instituições de personalidade jurídica de direito público e ensino gratuito, avaliadas pela CAPES com nota igual ou superior a três.
 
Como funciona?
 
As bolsas de estudo do DS são gerenciadas pelas instituições e cursos de pós-graduação, que são responsáveis pela seleção e acompanhamento dos bolsistas, conforme orientações da CAPES.
 
 
 
 
 
 
FAPEMIG - Programa de Apoio a Pós-Graduação
 
 
01) OBJETIVO
 
Conceder cotas de bolsas de mestrado e de doutorado, assim como taxas de bancada, à ICTs sediadas em Minas Gerais que ofereçam curso de Pós-Graduação stricto sensu avaliado pela CAPES com conceito igual ou superior a 3.
 
2)  REQUISITOS para HABILITAÇÃO INSTITUCIONAL no PROGRAMA
 
Ter o Programa de Pós-Graduação, recomendado pela CAPES, com conceito igual ou superior a 3.
 
3) REQUISITOS do BOLSISTA
 
a) Estar matriculado regularmente no Programa de Pós-Graduação.
 
b) Ser domiciliado no Estado de Minas Gerais.
 
c) Não acumular bolsa.
 
d) Estar em concordância com a Deliberação 84 do Conselho Curador da FAPEMIG, de 11 de agosto de 2015.
 
e) Não ter vínculo empregatício.
 
 
 
 
 
 
Programa Institucional de Bolsas de Pós-Graduação - PIB PÓS
 
 
DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS (trecho nas normas de bolsas PIB-PóS)
 
Art. 2º O PIB-Pós é um Programa da UNIFAL-MG que visa estabelecer uma política de consolidação da Pós-Graduação, incluindo o aumento do número de mestres e doutores qualificados e a internacionalização, por meio da concessão de bolsas a discentes estrangeiros, ingressantes por meio de acordos de cooperação Institucional, e a discentes ingressantes por meio de editais de seleção dos Programas de Pós-Graduação (PPG) da UNIFAL-MG.
 
Art. 3º O número de bolsas a serem concedidas será determinado em função da disponibilidade orçamentária da PRPPG, a cada exercício orçamentário.
§ 1º O número de bolsas PIB-Pós/ Internacionalização será determinado em função da participação da UNIFAL-MG em editais específicos de programas de cooperação Institucional, de acordo com a política Institucional de internacionalização vigente. Os discentes selecionados serão indicados pelos programas de cooperação à Assessoria de Relações Interinstitucionais (ARINTER), à PRPPG, que fará a implementação da bolsa, e aos PPG.
§ 2º O número de bolsas PIB- Pós/ PPG a serem oferecidas a discentes, ingressantes por meio de editais de seleção dos Programas de Pós-Graduação da UNIFAL-MG, será determinado em função do saldo excedente que trata o § 1º. Tais discentes serão indicados pelos PPG da UNIFAL-MG à PRPPG, que fará a implementação da bolsa. 
 
Art. 4º Os bolsistas, seja qual for a forma de ingresso na UNIFAL-MG, uma vez matriculados em um PPG Institucional, ficarão sujeitos a todas as normas de acompanhamento específicas daquele Programa, da PRPPG e da Capes.
 

 

Regulamentos e Normas de bolsas

Regulamento Demanda social/CAPES

Normas de bolsas CAPES/DS da PRPPG 

Normas de bolsas PIB-PÓS