Dicas para a redução de resíduos

Veja aqui algumas dicas para a redução de resíduos. Colabore, faça a sua parte!

ALIMENTOS

  1. Estimule o uso tradicional das plantas silvestres. Apoie a recuperação e difusão do conhecimento sobre suas propriedades.
  2. Priorize, em princípio, a compra de alimentos locais e próprios da estação. Assim, economiza-se com o transporte, além de ajudar os produtores locais.
  3. Plante árvores e crie hortas comunitárias, sempre priorizando as árvores frutíferas. Aproveite datas e eventos comemorativos para esta atividade.
  4. Ao comprar, preste atenção na composição dos alimentos, selecionando os que usam menos conservantes e substâncias sintéticas.
  5. Não exagere no uso de adubos. O excesso acaba nos prejudicando, porque danifica a qualidade da água e dos sistemas aquáticos naturais.
  6. Evite pesticidas. Sua presença em nosso corpo ou nos ecossistemas sempre gera problemas. O controle biológico por ser uma alternativa.

RESÍDUOS

  1. Consuma somente o necessário e reutilize ao máximo. Finalmente, o que não puder ser reutilizado, deposite em recipientes com o mesmo tipo de resíduo (para favorecer a reciclagem).
  2. Participe ou estimule a coleta seletiva de resíduos no seu trabalho e na sua vida pessoal. Se ela não existe, tome a iniciativa de implementá-la.
  3. Reduza o consumo de água e quando puder aproveite as sobras para o reuso.
  4. Diminua o uso do papel. A digitalização da informação, muitas vezes, o torna desnecessário.
  5. Reduza ao máximo os recipientes (compre produtos com embalagens menores; reutilize recipientes reutilizáveis). Evite o alumínio e utilize o vidro.
  6. Use sacolas de pano para suas compras ou reutilize as de plástico. Faça campanha para reduzir o consumo exagerado de sacolas de plástico.
  7. Não aceite a facilidade de comprar talheres, copos e pratos descartáveis.

(Adaptado - Conselho Federal de Nutricionistas)