Objetivos e Atribuições

A Comissão Interna de Saúde do Servidor – CISSP foi criada considerando a necessidade de implementação de ações voltadas para a prevenção de riscos à saúde do servidor público da UNIFAL-MG, bem como a instituição de mecanismos capazes de estimular atitudes de corresponsabilidade no gerenciamento da saúde e da segurança do trabalho, com valorização e estímulo ao comprometimento de todos os envolvidos, na qualidade de agentes transformadores.

Objetivos

A CISSP tem a finalidade de contribuir para uma gestão compartilhada com os objetivos de:

  1. propor ações voltadas à promoção da saúde e à humanização do trabalho, em especial na melhoria das condições de trabalho, na prevenção de acidentes, de agravos à saúde e de doenças relacionadas ao trabalho;
  2. valorizar e estimular a participação dos servidores, enquanto protagonistas e detentores de conhecimento do processo de trabalho, na perspectiva de serem agentes transformadores da realidade; e
  3. propor atividades que desenvolvam atitudes de corresponsabilidade no gerenciamento de saúde e de segurança, dessa forma contribuindo para a melhoria das relações e do processo de trabalho.
Atribuições
  1. fazer levantamento de condições de trabalho, visando à detecção de riscos ocupacionais, elaborando e atualizando o mapa de riscos, no âmbito da UNIFAL-MG;
  2. analisar os dados coletados, propondo medidas em conjunto com os servidores, para melhorar suas condições de trabalho;
  3. acompanhar e auxiliar na investigação das causas e consequências dos acidentes e das doenças associadas ao trabalho, elaborando os relatórios pertinentes quando solicitados pela equipe de saúde e segurança do trabalho da UNIFAL-MG;
  4. garantir que os servidores acidentados sejam encaminhados à Equipe de Saúde e Segurança do Trabalho, munidos da Comunicação de Acidente de Trabalho no Serviço Público – CATSP.
  5. fazer levantamento de situações de trabalho potencialmente nocivas à saúde e ao bem-estar dos servidores e propor medidas preventivas ou corretivas com base em aspectos técnicos visando sua eliminação ou redução;
  6. apurar denúncia de risco, levantando as condições de trabalho e dando conhecimento dos riscos encontrados aos servidores e à chefia da área responsável;
  7. acompanhar a execução das medidas corretivas até sua total implementação;
  8. promover a divulgação das normas da saúde e segurança no trabalho, zelando pela sua observância;
  9. articular-se com os setores competentes da UNIFAL-MG para:
    1. promover a realização de eventos, cursos e treinamentos;
    2. priorizar a realização dos exames periódicos e vacinação preventiva;
    3. participar das ações relativas à segurança do trabalho, prevenção de acidentes, combate a princípios de incêndio e atendimento de primeiros socorros.
    4. participar de ações do Programa de Qualidade de Vida no Trabalho da UNIFAL-MG ou de outros programas relacionados à saúde e segurança do trabalho;
    5. realizar reuniões periódicas visando discutir as situações e problemas encontrados, bem como propostas de solução.