Museu de cada um, patrimônios de todos nós: brincando de construir ideias sobre Museus e Patrimônios no Sul de Minas Gerais

Desde os primeiros passos do Museu da Memória e Patrimônio da Universidade Federal de Alfenas, trabalhar os conceitos de Museu e Patrimônio sempre foi uma profunda inquietação. Durante os meses de agosto de 2012 e janeiro de 2013, um grupo interdisciplinar da comunidade interna e externa da UNIFAL-MG elaborou um projeto piloto de Educação Patrimonial, por interesse e vontade desse coletivo. A partir de dois meses de reflexões teóricas sobre os conceitos de Museu e Patrimônio o grupo, em conjunto, estabeleceu cada passo da execução de uma proposta. A proposta foi apresentada primeiramente na Associação Beneficente Cáritas, no município de Alfenas. Essa atividade piloto deu tão certo que foi estabelecido então o projeto de extensão “Museu de cada um, patrimônios de todos nós: brincando de construir ideias sobre Museus e Patrimônios no Sul de Minas Gerais”, que tem sido reaplicado desde 2013 com crianças de 05 a 12 anos das redes públicas, particulares e projetos sociais e desde 2017 com o público juvenil de instituições tais como as mencionadas. O título nos permite desenvolver e reforçar a ideia de que os museus dizem respeito aos seus idealizadores – o grupo ou a comunidade a quem ele deve representar; e que patrimônios são constituídos por todos os seres humanos – todos podem identificar aquilo que lhes é mais importante.

A proposta já foi realizada nos seguintes espaços: Centro Tecnológico Vocacional no bairro Santa Luzia, em Alfenas; no Centro Social Juvenato, na cidade de Paraguaçu; no Residencial Vale do Sol do Bairro Pinheirinho, em Alfenas; no Instituto Ipanema, em Alfenas; nas Escolas Municipais Coronel José Bento, Tancredo Neves e Orlando Paulino, nas Escolas Estaduais Prefeito Ismael Brasil Corrêa, Samuel Engel e Dirce Moura Leite; nos colégios Sagrado Coração, CRA e Atenas, em Alfenas; na Escola Municipal Prefeito José Silvestre Bastos, em Divisa Nova; Casa São Francisco, em São Sebastião do Paraíso; nas Escolas Municipais Bairro da Cachoeira, Dom Inácio Dal Monte e Olavo Vilas Boas, em Guaranésia; nas Escolas Municipais Dr. Carlos Ribeiro e Coronel Gaspar, em Pedralva; nas Escolas Municipais Melo Viana Sobrinho e Professor José Augusto, em Paraguaçu; nas Escolas Municipais Comendador Lindolfo de Souza Dias, Padre José de Souza Ribeiro e Clóvis de Araújo Dias, em Machado; na Escola Estadual Dr. Lélio de Almeida e nas Escolas Municipais Prefeito Carlito Ferreira e Rita da Conceição, em Poço Fundo; na Escola Municipal João Luiz Alves, em Areado; na Escola Municipal Francisco Diniz e na Escola Estadual Professor Fábregas, em Luminárias; na Escola Estadual Padre Antônio Vieira, no bairro rural de Córrego do Ouro, em Campos Gerais; nas Escolas Municipais Aceir Miguel Moreira e Walter Miguel, em Serrania; na Escola Municipal Dom Hugo Bressane, em São Pedro da União; na Escola Estadual Dr. Noraldino Lima, em Fortaleza de Minas; e na Escola Municipal Prefeito Ribeiro Neto, em Nepomuceno.