Linhas de Pesquisa

1.  Epidemiologia das doenças bucais
Descrição: Essa linha de pesquisa vislumbra a realização da análise crítica e a interpretação dos dados epidemiológicos, dos determinantes sócio-biológicos associados ao desequilíbrio no processo saúde-doença e dos programas preventivos frente à realidade regional no que tange a condição bucal da população incluindo cárie, doença periodontal e outras doenças bucais. Aprofundará a compreensão sobre a eficácia de resultados obtidos e discutirá potenciais incorporações a programas preventivos existentes.

Orientadores:
Alessandro Aparecido Pereira (Saúde Coletiva)
Daniela Coelho de Lima (Saúde Coletiva)
Daniela Silva Barroso de Oliveira (Odontopediatria)
Heloisa de Sousa Gomes Rodrigues (Odontopediatria)

 

2.  Biologia dos tecidos do complexo bucomaxilofacial
Descrição: Esta linha de pesquisa enfoca estudos da organização estrutural e funcional de diferentes tecidos, em condições de saúde e/ou em situações experimentais correlacionadas com patologias e/ou procedimentos técnicos odontológicos. Utilizando ferramentas bioquímicas, histológicas e anatômicas, associadas a técnicas de biologia molecular e engenharia de tecidos, são desenvolvidas estratégias que determinam embasamento para futuras aplicações clínicas.

Orientadores:

Ana Beatriz da Silveira Moretti (Odontopediatria)
Bruno Martini Guimarães (Endodontia)
Juliana dos Santos Neves (Histologia)
Naiana Viana Viola Nícoli (Endodontia)
Vivien Thiemy Sakai Jacob (Odontopediatria)

 

3.  Alterações patológicas do complexo bucomaxilofacial
Descrição: Constitui-se proposição desta linha de pesquisa avaliar as manifestações clínicas, epidemiológicas e os procedimentos para o diagnóstico clínico, histopatológico e tratamento das doenças bucais; estudar a etiologia, patogênese, lesões morfológicas e evolução das lesões que acometem a mucosa bucal, ossos maxilares e estruturas anexas do complexo bucomaxilofacial e investigar a descrição de novos sinais clínicos, radiográficos ou microscópicos que permitam o diagnóstico de novas doenças, objetivando-se uma melhoria na interpretação da etiopatogenia ou do resultado da evolução de doenças já conhecidas.

Orientadores:
Alessandro Antônio Costa Pereira (Patologia)
Felipe Fornias Sperandio (Patologia)
Hugo Gaêta Araujo (Radiologia)
João Adolfo Costa Hanemann (Estomatologia)
Marina Lara de Carli Dias (Estomatologia)

 

4.  Bioengenharia de materiais odontológicos e reparação tecidual
Descrição: Esta linha de pesquisa tem como objetivo investigar a aplicação da engenharia à adaptação e/ou desenvolvimento de materiais odontológicos biocompatíveis; reproduzir estudos tecnológicos e biológicos das relações entre os tecidos e os biomateriais; estudar os eventos inflamatórios envolvidos no processo de reparo, bem como a relação dos mediadores químicos, citocinas e fatores de crescimento relacionados aos processos de inflamação e reparação tecidual.

Orientadores:
André Gustavo Paleari (Prótese)
Frederico dos Reis Goyatá (Prótese)
Leandro Araújo Fernandes (Periodontia)
Rafael Tobias Moretti Neto (Prótese)
Marcelo Franchin (Cirurgia)
Ronaldo Célio Mariano (Cirurgia)
Suzane Cristina Pigossi (Periodontia)

Tomaz Henrique Araujo (Histologia)