Lamartine de Barros Duarte - 1964-1965 - 1972-1977

Conforme pesquisa feita por Meira Filho, no Jornal “O Alfenense”, de 19-05-74.

Professor Lamartine de Barros Duarte ingressou na EFOA e foi o responsável pela disciplina de Farmacotécnica. Dedicou parte de sua vida pela causa da Escola, visando o seu desenvolvimento. Escolhido por duas vezes pela Presidência da República ocupou a Direção da EFOA, conduzindo-a nos seguintes períodos: de 1964 a 1965 e de 1972 a 1977. Mandatos esses exercidos durante os governos do marechal Humberto de A. Castelo Branco e do general Emílio G. Médici. A egrégia Congregação da EFOA, ao indicar o Professor Lamartine para dirigi-la, demonstrou a prova incontestável de sua capacidade, honestidade e eficiência. Ainda como professor, ouviu a sugestão do Professor Aluísio Pimenta, da UFMG, para que tentasse a federalização da EFOA, ideia acolhida pelo então Diretor da época, Professor Paulo Passos da Silveira, que conseguiu o apoio de diversos políticos, dentre os quais o deputado mineiro, Tancredo Neves. Criou-se uma comissão de professores para a coordenação dos trabalhos e graças ao esforço de várias personalidades de Alfenas e do meio político, o Presidente Juscelino Kubistchek de Oliveira encaminhou mensagem ao Congresso Nacional solicitando a federalização da EFOA, ocorrida no dia 18 de dezembro de 1960. Iniciava-se, dessa forma, uma nova era para a instituição. O primeiro benefício foi o recebimento de verba de 100 mil cruzeiros, conseguida pelo Professor Lamartine de Barros em seu primeiro mandato. Para a expansão, foi erguido o primeiro prédio no novo campus situado na Rua Gabriel Monteiro da Silva. Em seguida, na gestão do Professor Nilo Bernardes da Silva, o segundo prédio e teve início as obras do terceiro. Professor Hélio de Souza deu prosseguimento às construções. Professor Lamartine de Barros tendo sido escolhido pela segunda vez como Diretor, concluiu o terceiro prédio, instalou o Laboratório de Análises Clínicas para o estágio dos alunos de farmácia-bioquímica. Além de imóveis, foram adquiridos diversos e sofisticados equipamentos de ensino o que veio a possibilitar a multiplicação do número de vagas oferecidas. Ainda na gestão do Professor Lamartine de Barros, implantou-se o Curso de Enfermagem e Obstetrícia. Houve nessa época, a contratação de novos funcionários e professores visando à expansão. Incentivou-se a capacitação de professores que tiveram a oportunidade de se deslocarem para outras Universidades dos estados de S. Paulo, Minas e Rio, a fim de se aperfeiçoar. Foram acrescidos ao patrimônio da instituição 27.000 metros quadrados, área que ficou reservada para a ampliação do campus. Nesse espaço, posteriormente, foram construídos praça de esportes e edifício, destinado à Administração e demais setores. Sem dúvida, Professor Lamartine foi um dos diretores que muito fez em benefício do progresso da Escola e, por isso, tem o seu nome gravado na história de Alfenas e da EFOA.

Colaboração:
Sebastião Meira
Servidor Aposentado da UNIFAL-MG

 Lamartine de Barros Duarte - 1964-1965 - 1972-1977