Programa de Pós-Graduação em Geografia – PPGEO

Linhas de Pesquisa

DINÂMICA DOS ESPAÇOS RURAIS E URBANOS

A linha de pesquisa norteará as investigações sobre os agentes e atores que promovem a construção dos territórios, entendendo esses processos historicamente. Compreender as escalas de análise dos processos é importante para delimitar a ação e planejamento das pesquisas, seja nos estudos das atividades agropecuárias, industriais, comerciais ou nos estudos voltados a questão populacional, cultural e de ensino. Com uma base no enfoque local-regional nas dinâmicas do sul de Minas Gerais essa linha não se limitará a essa escala, mas buscar-se-á uma interpretação conjunta nas escalas nacional e global. Essa linha de pesquisa tem por finalidade identificar as atividades produtivas, econômicas e as dinâmicas populacionais no bojo da organização e produção dos espaços, além de entender as relações do mundo atual na concepção sociocultural dos lugares. Investigar essas transformações no mundo atual permite ao pesquisador conceber os modelos de desenvolvimento no território brasileiro, as diversidades e desigualdades socioespaciais que estão marcadas nos espaços rurais e urbanos, de uma forma crítica e intrínseca.

 

DINÂMICA DOS SISTEMAS FÍSICO-AMBIENTAIS

A Geografia, que tem o espaço como objeto de estudo, é uma área do conhecimento que articula as ciências humanas às ciências da natureza. É no espaço geográfico que sobrevêm as relações sociais e onde se dá a apropriação do capital e dos recursos naturais, pelos atores hegemônicos da sociedade.  A temática ambiental na Geografia surge com a necessidade de compreender e explicar que os componentes da paisagem se constituem em suporte para as atividades humanas, sobretudo quando surgem demandas sociais por espaços físicos, impondo alterações ao meio natural. A proposta desta linha de pesquisa é enfatizar a análise e conceituação dos processos da natureza, sua evolução espaço-temporal, além de investigar sua distribuição espacial em diferentes escalas e as relações intrínsecas com as atividades antrópicas. Assim, tem como finalidade o desenvolvimento de estudos que abordem a questão ambiental, esta que, tem interfaces com todas as demais áreas do conhecimento, envolvendo as ciências naturais e humanas, bem como a análise geoespacial na Geografia. As pesquisas que integram esta linha, abrangem estudos que permitem a compreensão da ação humana sobre a natureza, sob um olhar integrador, a partir da perspectiva sistêmica, facilitando os saberes relacionados as dinâmicas dos sistemas físico-ambientais e às suas alterações, auxiliando a tomada de decisão e na elaboração cenários. Isto posto, esta linha permite a integração e o diálogo entre pesquisas cuja finalidade é estudar as alterações resultantes do uso e ocupação do solo urbano e rural; as relações entre causa e efeito das ações antropogenéticas na dinâmica da paisagem; no planejamento e gestão de bacias hidrográficas e também, desenvolvendo estudos sobre diagnóstico e prognóstico em ambientes impactados, tendo como recorte geográfico, a região sul de Minas Gerais.