Docente da UNIFAL-MG fala sobre o baixo nível de água no lago de Furnas

A mobilização de moradores contra a atual situação do lago de Furnas foi tema de reportagem do jornal EPTV 2ª Edição, exibida no dia 29/02, na qual o professor do Instituto de Ciências da Natureza da UNIFAL-MG, Clibson Santos, comentou as razões para o baixo volume de água na represa.

Embora o lago tenha saído de 17% do volume útil, número registrado em janeiro, para 46%, em função das chuvas acima da média em fevereiro, o nível de água ainda está baixo. “Furnas, além de produzir energia na usina, tem uma função de regular os reservatórios que estão a jusante. Com isso, faz com que, além da geração de energia, ele tem que liberar água para dar nível a esses outros reservatórios. Então, esses fatores acabam dificultando a recomposição do nível de água”, explicou o Prof. Clibson Santos.

Para ele, é necessário que se discutam outras atividades com relevância econômica para a região, como a piscicultura e o turismo.

Confira a reportagem completa abaixo:

Disponível também no link: https://globoplay.globo.com/v/8363071/

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap