Palestra sobre eutanásia e suicídio assistido reúne estudantes da área da saúde na UNIFAL-MG

A Liga Interdisciplinar de Cuidados Paliativos da UNIFAL-MG (LICP) realizou o primeiro evento de 2019, a palestra “Ortotanásia, distanásia, eutanásia e suicídio assistido: qual a relação com os cuidados paliativos?”, ministrada, via Skype, pela advogada especialista em Direito da Saúde e Cuidados Paliativos, Luciana Dadalto. A atividade ocorreu na quinta-feira (14/03) e reuniu 90 participantes, estudantes dos cursos de graduação da área da saúde da Universidade.

De acordo com a coordenadora da LICP, Profa. Ana Cláudia Mesquita Garcia, a iniciativa de promover a palestra surgiu devido ao fato de que, apesar de muito importante para a sociedade em geral, em especial para os profissionais de saúde, o tema é pouco discutido, o que leva à disseminação de conceitos errados e pensamentos equivocados a respeito do assunto. “A intenção foi proporcionar aos alunos contato com conteúdo de qualidade, ministrado por profissional com expertise na área, de modo a evitar que esses futuros profissionais de saúde venham a ter ideias equivocadas sobre a temática. Esperamos ainda que eles sejam multiplicadores do conhecimento adquirido na sociedade”, afirmou a professora da Escola de Enfermagem.

Criada no segundo semestre de 2018, a LICP integra estudantes dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Nutrição e Farmácia, e tem como um de seus objetivos disseminar a temática dos Cuidados Paliativos (CP) na Instituição. “Um dos desafios para se aumentar o acesso da população aos CP é a capacitação dos profissionais de saúde para atuação nesta área, a qual deve ser iniciada desde o curso de graduação”, contou a Profa. Ana Claúdia. Ela ainda lembrou que a aproximação entre as diversas áreas de atuação proposta pela LICP, permite aos alunos, desde a graduação, ter a experiência de interagir com colegas de outras profissões, considerando que não existe Cuidados Paliativos feitos por uma só profissão.

Vale lembrar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) define Cuidados Paliativos como “assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, diante de uma doença que ameace a vida (fora de possibilidade de cura), por meio da prevenção e alívio do sofrimento, da identificação precoce, avaliação impecável e tratamento de dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais”.

Os interessados nas atividades da LICP UNIFAL-MG podem acompanhá-las nas redes sociais: Facebook – LICPUNIFALMG e/ou Instagram – licp_unifalmg.

Colaboração: Ana Cláudia Mesquita Garcia, professora da Escola de Enfermagem da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap