Projeto “Conversas Matemática” recebe medalha por trabalho realizado com idosos no 13º Encontro Nacional de Educação Matemática

O trabalho “Conversas matemáticas e a pessoa idosa: uma proposta pedagógica multifacetada”, integrante do Programa Universidade Aberta à Pessoa Idosa (UNAPI), foi agraciado com a medalha “Profa. Maria Laura Mouzinho Leite Lopes”, prêmio oferecido a cada três anos pela Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM) durante o Encontro Nacional de Educação Matemática. Os professores do Instituto de Ciências Exatas (ICEx) e coordenadores do projeto extensionista, Guilherme Henrique Gomes da Silva e Rejane Siqueira Julio, receberam a medalha durante o encerramento da 13ª edição do encontro, realizado em Cuiabá/MT, entre os dias 14 e 17/07.

O projeto da UNIFAL-MG foi premiado na Categoria 1, que compreende trabalhos de pesquisa e/ou propostas pedagógicas envolvendo a Educação Matemática em instituições públicas e particulares de Educação Superior. De acordo com o Prof. Guilherme, o prêmio objetiva reconhecer o mérito de professores e licenciandos de Pedagogia e Matemática, sócios da SBEM, pela contribuição dada à melhoria da qualidade do ensino e da pesquisa em Educação Matemática. A seleção dos trabalhos para a premiação, que compreendem pesquisas e propostas pedagógicas referentes à Educação Matemática, com êxito, é feita considerando as diretrizes propostas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, vigente no país, e os objetivos fundamentais da SBEM, sendo alguns deles: promover o desenvolvimento da área de Educação Matemática e sua implementação nas práxis educativas, bem como estudos e ações focados na formação de professores; e atuar como centro de debates sobre a produção na área de Educação Matemática, propiciando o desenvolvimento de análise crítica dessa produção.

O projeto conversas matemáticas tem sido desenvolvido desde 2017 na Universidade e realiza atividades com idosos participantes do UNAPI, em Alfenas, por meio de uma perspectiva inclusiva e extensionista. Com base nas diretrizes da extensão universitária, a ação trabalha no sentido de proporcionar experiências aos idosos com cenários para investigação matemática, seguindo o respaldo teórico do educador matemático Ole Skovsmose.

Com uma equipe formada pelos dois professores e quatro estudantes do curso de Licenciatura em Matemática, os membros do projeto elaboram atividades, levando sempre em consideração a experiência de vida dos idosos participantes e o desejo deles em conversar sobre ideias matemáticas. Tais atividades possuem caráter investigativo e são desenvolvidas a partir de jogos, materiais manipulativos, exercícios para o raciocínio lógico, confecção de materiais, elementos de história da matemática, uso de tecnologias, dentre outras tendências em educação matemática, visando o desenvolvimento de conversas prazerosas a partir das tarefas.

Os interessados em participar do projeto devem se inscrever no Programa Universidade Aberta à Pessoa Idosa (UNAPI), na sede da UNIFAL-MG. As atividades acontecem semanalmente, às quartas-feiras, no Laboratório de Ensino de Matemática (prédio D, sala 413).

Fotos: Arquivo pessoal Prof. Guilherme Henrique Gomes da Silva

Copy link
Powered by Social Snap