Enem 2020: associação dos reitores das instituições federais solicita adiamento das datas do Enem para garantir isonomia de concorrência entre candidatos

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) emitiu, no dia 11 de maio, uma nota oficial sobre a importância do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do direto à educação. Entre outros apontamentos, o documento ressalta a necessidade de adiamento das datas do Enem e definição de um novo calendário para o exame.

O pedido da Andifes para suspensão das datas atuais, está justificado pela impossibilidade da realização das atividades escolares presenciais. Essa situação, motivada pela necessidade de prevenção e contenção da pandemia de Covid-19, tende a acentuar as desigualdades de concorrência entre estudantes de classes sociais e regiões diferentes.

“Dessa forma, o Enem, instrumento fundamental de acesso ao ensino superior para milhões de jovens, e de complexa operacionalidade, precisa ter adequada execução, situações sanitárias viáveis e também meios que garantam condições razoáveis de isonomia de concorrência aos candidatos”, consta na manifestação da Andifes.

O reitor da UNIFAL-MG, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, explica que a decisão da diretoria da Andifes não atende apenas a demanda da comunidade acadêmica das Universidades e Institutos Federais, mas de toda sociedade. “A dificuldade de acesso à educação de muitos brasileiros não é uma novidade e, agora, essa situação está maximizada pela pandemia de Covid-19. Por isso, é preciso pensar com mais calma e prudência sobre a data da realização do Enem para minimizar o impacto da desigualdade social na realização do exame”.

O professor Sandro Cerveira lembra das suspensões e incertezas em relação aos calendários acadêmicos das universidades federais. “A insistência na manutenção da data tradicional do Enem como se não houvesse uma dificuldade grande a ser enfrentada neste momento, pode trazer graves prejuízos para as instituições e, também, para os estudantes, principalmente, para aqueles que desejam ter acesso ao ensino superior na Universidade Pública”, completa.

A suspensão das datas do Enem 2020 é solicitada por várias entidades brasileiras. Entre elas, a União Nacional dos Estudantes (UNE) que encaminhou uma solicitação coletiva de suspensão do calendário do Enem endereçada ao Ministério da Educação (MEC), ao Ministério Público Federal, ao Congresso Nacional, ao Conselho Nacional de Educação e à Sociedade Civil. A solicitação foi assinada por diversas instituições brasileiras, entre elas, a Andifes.

Confira a nota completa da Andifes no link:

Nota Andifes: A importância do Enem e do direito à educação

Copy link
Powered by Social Snap