Projeto “Check Nutri” se destaca como fonte confiável e segura para informações sobre alimentação e nutrição na internet em tempos de Covid-19: perfil no Instagram reúne mais de 1.000 seguidores

Estimular bons hábitos alimentares por meio da divulgação de informações confiáveis é o que propõe um projeto de extensão do curso de Nutrição da UNIFAL-MG. Utilizando um perfil no Instagram, o projeto Check Nutri interage com a população e debate sobre assuntos relacionados à nutrição, saúde e medidas de prevenção à Covid-19.

Coordenado pelos professores da Faculdade de Nutrição, Bruno Martins Dala Paula e Cristina Garcia Lopes Alves, o projeto extensionista conta com seis acadêmicas, entre bolsistas e voluntárias. O intuito da equipe é oferecer educação em saúde para além da divulgação de informações em ambiente virtual, uma vez que procura também promover a reflexão e interação entre acadêmicos, professores e público. “O projeto oportuniza uma fonte confiável e segura sobre alimentação e nutrição na internet, não se limitando apenas à postagem de conteúdos atualizados, pois amplia também a ação com a interação entre diferentes públicos, como forma de reflexão sobre conteúdos produzidos e veiculados pelas mídias sociais”, explica Prof. Bruno.

Prof. Bruno chama a atenção para a facilidade de acesso às informações, proporcionada pelas tecnologias de informação, no entanto, observa que ao mesmo tempo em que as mídias sociais facilitam o acesso e a transmissão de informações, os espaços compartilhados no ambiente virtual nem sempre recebem uma avaliação quanto à procedência e à validade do material disponível. “No campo da alimentação e nutrição, diversos sites, blogs e demais mídias têm sido utilizados por pessoas, profissionais de saúde ou não, para disseminar informações nem sempre condizentes com o conhecimento ora existente nessa área, não se constituindo em uma fonte confiável de informações, e podendo levar a mudanças alimentares baseadas em práticas alimentares errôneas e equivocadas, o que direta e indiretamente pode comprometer a saúde dos seguidores dessas mídias”, alerta. “Acreditamos que a universidade pode contribuir para a discussão sobre o uso desses espaços tanto para a produção de conhecimentos quanto para o desenvolvimento de práticas de cuidado em saúde, com foco em uma temática específica”, afirma.

A fim de estabelecer as estratégias de ação, o grupo tem se reunido virtualmente toda semana para debater os temas que serão abordados no Instagram. Segundo a acadêmica Ana Julia Gomes Castelani, bolsista do projeto, as perguntas enviadas pelos seguidores passam por uma análise da equipe, que busca em fontes confiáveis a melhor maneira de esclarecer. “Antes de tudo, nós analisamos cada uma das perguntas e pesquisamos através de artigos e portais confiáveis. Em seguida, elaboramos as respostas e encaminhamos para os coordenadores avaliarem. Estamos sempre estudando bastante antes de qualquer postagem, para garantir que as informações sejam sempre atualizadas e confiáveis”, destaca.

Para Ana Julia, a experiência tem sido um aprendizado constante. “Com o Check Nutri, além de poder promover educação nutricional e ajudar a comunidade, estamos aprendendo muito diariamente, cada vez mais”, diz. “Atualmente, contamos com mais de 1.000 seguidores e nosso alcance está sendo impressionante, temos recebido bastante elogios dos nossos seguidores. Nesses tempos, estamos focando também no tema Covid-19, dando dicas e incentivando a prevenção”, conta.

Conforme a discente, a equipe sempre divulga enquetes e caixas de perguntas, bem como sugestões nos stories do Instagram para aumentar o vínculo e interação com o público. “Isso tem ajudado bastante a saber quais são as reais dúvidas e demandas dos seguidores e a partir disso elaboramos os conteúdos”, explica, informando que já foram criados quadros como “Check Nutri responde” e “Hora da merenda”, a fim de facilitar a comunicação e despertar o interesse do público. “Com o isolamento social as pessoas estão cada vez mais conectadas, percebemos que nosso alcance aumentou muito, temos em média 3.000 impressões semanalmente”, comemora.

Entre as postagens, é possível encontrar dicas de higienização de embalagens e alimentos em tempos de pandemia, como comprar com segurança pela internet durante o distanciamento social e, também, informações sobre dietas e receitas saudáveis. A equipe também tira dúvidas do público em posts sobre dietas eficazes, alimentos que engordam, qual o índice de massa corporal ideal para um determinado peso e altura, entre outras perguntas enviadas pelos seguidores.

Conforme Prof. Bruno, a ideia de criar um perfil para divulgar essas informações surgiu das próprios discentes. “A concepção inicial do projeto surgiu da percepção, por parte de estudantes do curso de Nutrição, da ausência de um espaço, nas mídias sociais existentes, que acolhesse as dúvidas e questionamentos de indivíduos preocupados com aspectos que envolvem saúde e alimentação, de forma a fornecer uma fonte confiável e interativa de informações para os usuários dessas mídias”, relata.  O professor acrescenta que o objetivo do projeto prevê uma articulação ampliada do tema da educação alimentar e nutricional, tendo como base o Marco de Referência de Educação Alimentar e Nutricional para as políticas públicas.

Siga o projeto no Instagram para ficar por dentro das dicas de alimentação, nutrição e saúde: https://www.instagram.com/check_nutri/

Copy link
Powered by Social Snap