Docente da UNIFAL-MG destaca possível aumento de novos casos de Covid-19 após o feriado de 12 de outubro

Nesta sexta-feira, dia 02/10, o G1 – Sul de Minas publicou uma notícia sobre o avanço da Covid-19 em municípios sul-mineiros, com base na variação da média de novos casos, e sobre a perspectiva em relação ao feriado de 12 de outubro. Na oportunidade, o professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNIFAL-MG, Sinézio Inácio da Silva Júnior, entrevistado pelo jornal, falou sobre uma possível repetição do pico registrado pós-feriado do dia 7 de setembro.

“A taxa de transmissão depende da duração da doença, da suscetibilidade dos indivíduos e outros fatores, como a ‘oportunidade’ de transmitir e o potencial de transmissão. Quando a gente fala do feriado você tem essa ‘oportunidade’. A gente pensa que as pessoas vão usar máscaras, só que as pessoas vão festejar, vão beber, vão se abraçar e se aglomerar. Então já aumenta a probabilidade, a taxa de transmissão aumenta”, explicou o docente. Segundo ele, os critérios usados para as afirmações de aumento e queda consideraram a média móvel de 7 dias, a partir dos casos novos, e a série de crescimento percentual dessa média em relação aos 14 dias respectivamente anteriores.

A notícia completa também traz o cenário das cidades que apresentam tendências de crescimento no número de casos e mortes, como Alfenas e Pouso Alegre.

Confira a notícia completa neste link: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2020/10/02/covid-19-tem-tendencia-de-estabilidade-no-sul-de-mg-mas-especialista-alerta-para-pico-de-casos-apos-feriado.ghtml

Copy link
Powered by Social Snap