UNIFAL-MG adere à A3P, agenda de administração pública vinculada ao Ministério do Meio Ambiente; parceria busca garantir práticas de gestão sustentável e de utilização coerente de bens públicos

Com o objetivo de ampliar as práticas de sustentabilidade e garantir a preservação do meio ambiente, a UNIFAL-MG oficializou, em fevereiro, a adesão à Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), programa do Ministério do Meio Ambiente que estimula ações a favor da gestão socioambiental responsável. Ao realizar a implementação, a Universidade se compromete a seguir diretrizes de proteção da natureza e redução de gastos, a promover a conscientização sobre o combate ao desperdício e a garantir a utilização adequada de bens públicos.

Baseada em seis eixos temáticos, a Agenda, que é uma ação voluntária, se fundamenta a partir da política dos “5 Rs” – repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar -, a fim de incentivar a adoção de tecnologias que poupem matéria-prima e promovam a reutilização de insumos. Essa política também é defendida pelo Plano de Logística Sustentável (PLS) da UNIFAL-MG, que serviu para alinhar o plano de trabalho encaminhado à A3P.

Para Julieta Rodrigues, presidente da CPMAS, com a adesão à A3P a UNIFAL-MG formaliza o compromisso com a continuidade de ações socioambientais.

“O PLS da UNIFAL-MG já incluiu indicadores aplicados pela Agenda, considerando a possível adesão a ela. Isso facilitou, inclusive, os trâmites”, explicou Julieta Aparecida Moreira Rodrigues, presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente e Sustentabilidade (CPMAS) da UNIFAL-MG. Para efetivar o processo, a Universidade enviou o termo de adesão e o modelo de plano de trabalho, produzido pela Gerência de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Instituição, sob a supervisão da Reitoria, ao Ministério do Meio Ambiente.

O modelo contemplou as etapas para que o programa pudesse ser executado: a criação de comissão gestora, a realização do diagnóstico socioambiental, da avaliação e do monitoramento, bem como a elaboração do plano de gestão socioambiental. “Feito isso, as documentações foram avaliadas por equipe responsável e, após aprovação, a adesão foi formalizada com assinatura dos representantes das instituições”, disse a servidora Julieta Rodrigues.

Segundo o reitor Sandro Cerveira, a adesão à A3P é mais um passo na racionalização de recursos e potencialização de ações da UNIFAL-MG.  (Foto: Ivanei Salgado/Dicom)

Para ela, a parceria da UNIFAL-MG implica a formalização do compromisso da Universidade, uma instituição pública, com a continuidade de ações socioambientais. “A partir de então, seguiremos em busca de melhorias, sem perder o foco na sustentabilidade e no desenvolvimento institucional, garantindo esforços para reduzir o uso de recursos naturais, como água e energia, otimizar os gastos e diminuir a produção de resíduos, a partir da inclusão de uma agenda planejada de ações na administração”, comentou.

Conforme o professor Sandro Amadeu Cerveira, reitor da UNIFAL-MG, é importante considerar que os princípios de gestão socioambiental não podem constituir uma pauta restrita. “Na UNIFAL-MG, temos investido, desde 2018, em iniciativas neste sentido, como o projeto de eficiência energética, a instalação de usinas fotovoltaicas e a adesão ao green metrics. Agora, damos mais um passo que nos ajudará a racionalizar ainda mais nossos usos, assim como potencializar ações individuais e coletivas”, disse.

Como implicação atual, a CPMAS, por constituir a comissão gestora da Agenda, pretende implantar iniciativas e promover capacitações de conscientização para toda a comunidade administrativa e acadêmica. “Para o futuro, buscamos participar ativamente junto ao Ministério do Meio Ambiente, em eventos relacionados ao tema, como fóruns, seminários, redes e cursos, que podem contribuir para a criação de redes de parceiros”, completou Julieta Rodrigues.

Adesão ao programa A3P pela UNIFAL-MG

Entre as vantagens de participação na Agenda, está, também, a oportunidade de concorrer aos prêmios com Melhores Práticas de Sustentabilidade. “Vale destacar, aqui, que algumas ações já tiveram início, como a primeira edição do curso de capacitação para servidores, a qual aconteceu de outubro a dezembro de 2020, e que tem planejamento para ocorrer continuamente”, finalizou a servidora.

Em dezembro, o curso contou com a participação de Henrique Saule, integrante da equipe da A3P, no Departamento de Educação e Cidadania Ambiental da Secretaria de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, em live exibida no dia 09/12, sobre o histórico e a atuação da Agenda Ambiental na Administração Pública.

Saiba mais

Os eixos temáticos da A3P são: uso racional de recursos naturais e bens públicos; gestão adequada dos resíduos; qualidade de vida no ambiente de trabalho; compras públicas sustentáveis; construções sustentáveis e sensibilização e capacitação dos Servidores. Todos os tópicos já estão contemplados no PLS vigente na UNIFAL-MG.

Confira o Plano de Logística Sustentável da UNIFAL-MG. 

Copy link
Powered by Social Snap