Sisu 2021/1: inscrições abertas até sexta-feira, 09/04, para interessados em concorrer a uma das 1.052 vagas ofertadas pela UNIFAL-MG

Interessados em se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021/1 para concorrer a uma vaga na UNIFAL-MG deverão fazê-lo até a próxima sexta-feira, 09/04. Nesta edição, a Universidade oferta 1.052 vagas para 29 opções de cursos presenciais de graduação, sendo 524 vagas para ampla concorrência e 529 vagas reservadas. Os cursos são oferecidos nos campi de Alfenas, Poços de Caldas e Varginha.

Para concorrer às vagas, o candidato deverá ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2020 e efetuar sua inscrição na Primeira Edição do Sisu de 2021, conforme normas estabelecidas nos editais MEC/SISU e no Edital nº 22/2021 – Sisu UNIFAL-MG disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/sisu/.

Confira as opções de cursos por campus:

  • Biomedicina: vagas 40
  • Biotecnologia: vagas 40
  • Ciências Biológicas (Bacharelado): vagas 40
  • Ciência da Computação: vagas 40
  • Ciências Sociais (Bacharelado): vagas 20
  • Ciências Sociais (Licenciatura): vagas 20
  • Enfermagem: vagas 40
  • Farmácia: vagas 50
  • Fisioterapia: vagas 50
  • Física: vagas 40
  • Geografia (Bacharelado): vagas 40
  • Geografia (Licenciatura): vagas 40
  • História (Licenciatura): vagas 40
  • Letras – Inglês e Literaturas da Língua Inglesa: vagas 15
  • Letras – Espanhol e Literaturas da Língua Espanhola: vagas 15
  • Letras – Língua Estrangeira (Bacharelado): vagas 20
  • Letras – Português e Literaturas da Língua Portuguesa: vagas 30
  • Matemática: vagas 40
  • Medicina: vagas 60
  • Nutrição: vagas 45
  • Odontologia: vagas 25
  • Pedagogia: vagas 40
  • Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (Integral): vagas 66
  • Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (Noturno): vagas 66
  • Observação: o ingresso nos cursos de Engenharia Ambiental, Engenharia de Minas e Engenharia Química ocorre a partir da inscrição no Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia.
    Para entender melhor o Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, acesse o vídeo do Pet Ciências.
  • Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Economia (Integral): vagas 102
  • Administração Pública: vagas 12
  • Ciências Atuariais: vagas 12
  • Ciências Contábeis: vagas 12
  • Ciências Econômicas: vagas 12

Inscrições

Ao fazer sua inscrição, exclusivamente on-line pela página do Sisu, o candidato deve estar atento ao edital que regulamenta o processo na Universidade. O resultado da chamada regular vai estar disponível no dia 13/04. Quem for selecionado poderá fazer a matrícula no período entre 14 a 19/04.

O candidato que não for selecionado na chamada regular em uma de suas opções, deve se inscrever na Lista de Espera do Sisu e manifestar interesse também em permanecer na Lista de Espera da UNIFAL-MG na página Ingresso/Sisu da UNIFAL-MG. A manifestação de interesse na lista de espera do Sisu será do dia 13 a 19/04; a confirmação de interesse na lista de espera da UNIFAL-MG será de 27 a 30/04.

Matrícula

O candidato convocado na chamada regular e demais chamadas da Lista de Espera para matrícula deverá realizar os seguintes procedimentos:

  1.  Enviar toda documentação elencada nos itens 6.1.2 e 6.1.3 do Edital nº 22/2021 – Sisu UNIFAL-MG, disponível em https://www.unifal-mg.edu.br/sisu/ em formato digital .PDF, exclusivamente por meio de sistema online, disponível no endereço eletrônico: http://sistemas.unifal-mg.edu.br/app/copeve/ingresso/formulariodocumentacao.php.  

    O envio dessa documentação deverá ser feito pelo candidato impreterivelmente até a data da realização da matrícula, conforme cronogramas disponíveis neste endereço.

  2. Preencher o questionário disponível aqui.

  3. Participar de procedimento de heteroidenficação complementar à autodeclaração (exclusivo para candidatos às vagas reservadas para negros), nos termos do edital e normas complementares, conforme constar da chamada/convocação.

Para saber a relação de documentos a serem enviados, acesse o Edital nº 22/2021 – Sisu UNIFAL-MG disponível na página https://www.unifal-mg.edu.br/sisu/.

Confirmação de matrícula

Para confirmar a matrícula, o candidato deverá comparecer ao campus onde o curso é ofertado, quando houver retorno das aulas presenciais, para a entrega da Declaração de matrícula original, até no máximo 15 dias após o início das aulas presenciais.

Os endereços dos campi estão disponíveis na parte inferior do Portal da UNIFAL-MG: www.unifal-mg.edu.br.

Início das aulas

Conforme Calendário Acadêmico de 2021, as aulas do 1º semestre de 2021 estão previstas para iniciar em 11/05.

Em decorrência da pandemia da Covid-19, inicialmente, as aulas ocorrerão por meio remoto, no entanto, a UNIFAL-MG já disponibilizou o Plano de Retomada de Aulas Presenciais, que prevê retorno gradual, considerando os protocolos de segurança e os planos das unidades acadêmicas e administrativas. 

O documento foi dividido em etapas, iniciando-se em 0, fase atual, e seguindo até 5. Atualmente, a Universidade se encontra na etapa 0, que diz respeito à preparação para a retomada gradual e segura das atividades presenciais não essenciais. 

O Plano de Retomada está disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/portal/plano-de-retomada-de-atividades-presenciais/

O que a vida acadêmica na UNIFAL-MG tem a oferecer aos estudantes

A fim de contribuir para ampliar o aprendizado oferecido durante a graduação, a UNIFAL-MG disponibiliza inúmeras oportunidades aos estudantes, muitas das quais contemplam até mesmo bolsas acadêmicas, concedidas por meio de processos de seleção. Tais oportunidades se referem à participação em projetos e ações desenvolvidas em ensino, pesquisa e extensão pela própria Universidade.

Entre as atividades de graduação, os estudantes encontram programas que ampliam as oportunidades de aprendizagem e a vivência universitária. “O PET, Programa de Educação Tutorial, promove a formação ampla e de qualidade acadêmica dos estudantes de graduação envolvidos direta ou indiretamente com o programa”, explica o professor Francisco Xarão, pró-reitor de Graduação. 

Há também o Programa de Monitoria, que segundo o pró-reitor, desenvolve o interesse do estudante pela carreira do magistério e proporciona a cooperação entre o corpo discente e docente em benefício da qualidade do ensino de graduação. “Existe o Programa de Mentoria aos cursos de graduação, o qual acolhe o estudante para ajudá-lo na adaptação à vida universitária, apoiando-o nas suas decisões acadêmicas”, informa.

Além destes, a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) também oferece o Programa Tutorial Acadêmico (PTA), cujo objetivo é promover a integração discente e apoiar o estudante em suas escolhas acadêmicas. “Além dessas oportunidades, por meio do Programa de Mobilidade Acadêmica, o estudante de graduação pode ainda cursar disciplinas e realizar atividades de ensino em outras instituições do Brasil e no Exterior com ou sem bolsa”, acrescenta Prof. Xarão.

Para os cursos de licenciaturas, são desenvolvidos dois programas que se complementam e visam a formação qualificada de professores da educação básica: o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) para os estudantes do início até metade do curso e o Programa de Residência Pedagógica, focado na segunda metade do curso e na inserção dos licenciandos na prática da escola de educação básica. 

O estudante tem a oportunidade de desenvolver também durante a graduação, pesquisa em iniciação científica, desenvolvimento tecnológico e inovação, junto aos programas institucionais. “O engajamento na pesquisa é importante para desenvolvimento do pensamento científico, questionador além de desenvolvimento pessoal e da sociedade”, comenta a professora Vanessa Bergamin Boralli Marques, pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG)

“A vivência da ciência permite aos alunos experimentar características próprias da ciência como a autonomia de pensamento, a elaboração de generalizações e modelos, a criatividade e o tratamento de dados reais, atribuindo papel mais ativo na construção de seu conhecimento”, destaca a gestora. 

Mas as atividades complementares não envolvem somente ensino e pesquisa. Ao ingressar na UNIFAL-MG, o estudante tem a oportunidade de realizar atividades de extensão universitária. Os diferentes tipos de ações de extensão são: programas, projetos, eventos, cursos e prestação de serviço. “Os projetos e programas de extensão possibilitam interagir com grupos populacionais permitindo aprendizagem e trocas de saber, dialogando diretamente com a sociedade. Muitos dos projetos possuem bolsas de extensão, que são distribuídas por meio de editais que permitem a seleção dos bolsistas”, explica a professora Eliane Garcia Rezende, pró-reitora de Extensão.

Para acompanhar o período de inscrição e de seleção o estudante ingressante poderá consultar o site da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), verificando as áreas de seu interesse e o projeto que deseja trabalhar. As bolsas são distribuídas para os projetos, e são os coordenadores da ação que definem o perfil do bolsista, fazem a seleção e orientam as atividades.

“Precisamos pensar que extensão universitária é uma atividade que articula o ensino com a pesquisa, e possibilita que os acadêmicos trabalhem junto à sociedade, interagindo com a realidade e contribuindo para a transformação dessa realidade social brasileira. Esse movimento contribui não somente na formação profissional do estudante, mas também agrega valores enquanto cidadão, colaborando na transformação da sua realidade como pessoa, tornando-se mais madura e sensível às causas sociais”, enfatiza Profa. Eliane. 

Acolhimento, inclusão e apoio pedagógico e psicológico

Os estudantes da UNIFAL-MG podem contar com auxílios para alimentação, permanência, creche, atividades pedagógicas, conforme sua classificação de vulnerabilidade socioeconômica e de acordo com a disponibilidade orçamentária. Essas ações integram o trabalho da Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace).

De acordo com o professor Wellington Ferreira Lima, pró-reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis, a Prace coordena a oferta de auxílios materiais, como auxílio alimentação, bolsa permanência, apoio instrumental. Além disso, promove a saúde física e mental dos estudantes, além de prestar apoio pedagógico especializado para aqueles que apresentarem defasagem de aprendizagem ou que tenham deficiência. A Pró-Reitoria também faz o acolhimento para o enfrentamento das questões étnico-raciais, de gênero e sexualidade.

“Na Prace, o estudante encontrará informações sobre auxílio creche, auxílio permanência, auxílio para viagens de campo e eventos, auxílio alimentação, inclusão digital, apoio instrumental, apoio psicológico, apoio pedagógico, apoio psicológico, produção de material assistivo, acolhimento para a mulher, comunidade LGBTQ+, negros e indígenas“, diz, complementando que os estudantes também podem participar ativamente da construção das políticas, seja em nosso programa de estagiários para diversos cursos, como bolsista ou voluntário nos nossos programas de promoção de saúde (PROGRIDA) e inclusão da pessoa com deficiência. Acesse a página da Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis.

Para mais informações sobre o que é possível encontrar na vida acadêmica na UNIFAL-MG, acesse aqui.

Copy link
Powered by Social Snap