Professores da UNFAL-MG recebem Moção de Aplausos por estarem entre os pesquisadores mais influentes do mundo; a homenagem foi concedida em Reunião Solene do Conselho Universitário

Os professores Cláudio Viegas Júnior, do Instituto de Química (IQ), e Pedro Luiz Rosalen, visitante do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (PPGCB), receberam Moção de Aplausos da UNIFAL-MG por estarem entre os pesquisadores mais influentes do mundo em estudo foi realizado pela Universidade de Stanford, dos Estados Unidos e publicado na revista PLOS Biology, da Public Library of Science. A homenagem foi conferida em Reunião Solene do Consuni, ocorrida no dia 31/03, por meio de webconferência com pelo Youtube.

A aprovação da Moção de Aplausos, por unanimidade, ocorreu na 274ª reunião do Consuni, realizada em 26/01/2021. A indicação do professor Claudio Viegas partiu do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) e do professor Pedro Rosalen da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG).

Durante a reunião solene, os homenageados foram apresentados aos conselheiros e ao público com leitura dos currículos acadêmicos. A apresentação do professor Claudio Viegas foi realizada pelo coordenador do PPGQ, Prof. Antônio Carlos Dorigueto, e do professor Pedro Rosalen pelo vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (PPGCB), Prof. Masaharu Ikegaki.

 “No momento em que a sociedade foi provocada a refletir sobre quem somos, o que fazemos e para que servem os professores e os pesquisadores e as próprias instituições públicas de ensino superior e pesquisa brasileiras.  Ter sido destacado internacionalmente e poder representar uma parcela dessa comunidade, é motivo de enorme júbilo”, disse o professor Claudio Viegas em seu discurso.

O professor Pedro Rosalen também agradeceu pela homenagem e, em seu pronunciamento, destacou a necessidade de narrar fatos que “não figuram, usualmente, no currículo lattes” e que ajudaram a moldar a sua formação, como suas lembranças da infância e de pessoas que contribuíram com o seu trabalho. “O momento me exige trazer à memória, a vida pessoal e pontuar na história, o compromisso com a visão de mundo enquanto cidadão e profissional que atua no espaço local com ações que podem transpor o individual para o coletivo”, disse.

Além dos homenageados e apresentadores, participaram da mesa diretiva da reunião o reitor da UNIFAL-MG e presidente do Consuni, Prof. Sandro Amadeu Cerveira;  o vice-reitor, Prof. Alessandro Antônio Costa Pereira; a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Vanessa Bergamin Boralli Marques; o diretor do Instituto de Química, Prof. Pedro Orival Luccas; e o Secretário Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em Minas Gerais, Prof. Luciano Mendes de Faria Filho.

Em seu pronunciamento, a professora Vanessa Bergamin Boralli Marques, pró-reitora de pesquisa e pós-graduação, destacou a contribuição dos homenageados como formadores de novos pesquisadores o que impacta na produção científica na UNIFAL-MG. De acordo com ela, é possível mudar uma nação e alcançar a soberania com avanço tecnológico e científico. “Hoje é um momento de alegria para dois pesquisadores que foram citados por uma carreira de dedicação e, como estão em uma universidade, por uma carreira de formar outros pesquisadores. Apesar de toda a adversidade […], gostaria de agradecer por manterem viva a pesquisa científica”, concluiu.

No encerramento da Reunião Solene, o professor Sandro Cerveira parabenizou os professores Claudio Viegas e Pedro Rosalen. Conforme o reitor, os homenageados possuem uma trajetória pessoal que inspira os colegas e os jovens estudantes da UNIFAL-MG. “Homenagear vocês significa dizer que fazer ciência é essencial para o desenvolvimento e a soberania nacional”, destacou.

O reitor lembrou que as outras formas de conhecimento são importantes, porém as decisões sobre “o que salva e o que não salva vidas” e as políticas públicas devem considerar o fazer científicos de todas as áreas do conhecimento. Ainda em seu discurso, o professor Sandro Cerveira lembrou dos cortes orçamentários que atingem as universidades públicas impactando diretamente na infraestrutura das instituições, entre elas, a UNIFAL-MG. “Esta homenagem significa que nós seguimos na luta e o reconhecimento do trabalho de vocês e o efeito das pesquisas de vocês e dos demais colegas da nossa universidade para a sociedade, […] significa que nós estamos mostrando para a população brasileira que ela precisa apoiar e exigir de todos aqueles que têm o poder de decisão no nosso país […], o olhar para o fazer científico do Brasil”, concluiu o reitor.

A Reunião Solene do Conselho Universitário teve um momento cultural com a apresentação de uma música da Camerata Theophillus, projeto de extensão da UNIFAL-MG.

Para conferir a Reunião Solene na íntegra, assista ao vídeo:

 

Copy link
Powered by Social Snap