Professor da UNIFAL-MG analisa dos dados da covid-19 em Minas Gerais; o Estado já superou a marca mais de 40.000 mortes causadas pela covid-19

O Jornal da EPTV 2ª Edição de sexta-feira, 28/05, destacou o aumento nas mortes por covid-19 em Minas Gerais. De acordo com a notícia, as mortes ultrapassam 40 mil pessoas, em pouco mais de um ano de pandemia. Para explicar os dados apresentados, o jornal convidou o epidemiologista Sinézio Inácio da Silva Júnior, docente da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e coordenador do projeto “Perfil Epidemiológico e Indicadores de Saúde da Universidade Federal de Alfenas (INDCOVID)” da UNIFAL-MG, para a reportagem.

Conforme explica o professor Sinézio Júnior, a média de casos fatais por covid-19, em 2021, superam as mortes por problemas no aparelho circulatório e câncer, que são as duas principais causas de óbito no Estado. “Isto é inédito e dá uma ideia do tamanho e do impacto desta pandemia”, ressaltou.

Na entrevista, o professor relatou o avanço do contágio e dos casos mais graves em pessoas com idade abaixo dos 60 anos. “Então, embora estas pessoas tenham menor risco de morrer pela doença, quanto mais pessoas nestas faixas etárias ainda não [estarem] protegidas pela vacina e quanto mais casos acontecerem, mais internações e mais óbitos vão ocorrer”, finalizou.

Assista a reportagem na íntegra: 

Disponível no link: https://globoplay.globo.com/v/9556061/

 

Copy link
Powered by Social Snap