Jornal destaca medida do Banco Central que limita operações por PIX; professor da UNIFAL-MG participa de matéria

O Banco Central anunciou um conjunto de medidas que limita operações por PIX, a fim de evitar fraudes. Para esclarecer a situação, o professor Hélio Lemes Costa Júnior, do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA) da UNIFAL-MG, participou de matéria exibida pelo Jornal da EPTV 1ª edição – Sul de Minas, no dia 4/10.

De acordo com as informações, a mudança vale somente para pessoa física e limita a mil reais o valor das transações feitas entre as 20h e 6h. Além do PIX, a limitação vale também para transferências via TED e DOC, pagamentos no boleto e compras no cartão de débito.

Essas medidas, anunciadas em agosto, procuram reduzir a vulnerabilidade dos sistemas às ações de bandidos, como golpes feitos pela internet e sequestros relâmpagos. O pesquisador em inovação e tecnologia Hélio Júnior salientou a importância de conferir, em toda transação a ser realizada, se o nome da pessoa é o mesmo enviado pela chave PIX.

Confira a matéria completa no link:

Disponível também no link: https://globoplay.globo.com/v/9916243/

*Jaíne Reis Martins é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap