“Gestão de Riscos” é tema de curso de capacitação ministrado para servidores da Universidade

Técnico-administrativos, professores e gestores de unidades acadêmicas e administrativas da UNIFAL-MG participaram do curso de capacitação “Gestão de Riscos”, ofertado dentro do Plano Anual de Capacitação de Servidores do ano de 2018, sob a organização da Pró Reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe).

Ministrada pelo professor Eduardo Gomes Salgado, pró-reitor adjunto de Planejamento, Orçamento e Desenvolvimento Institucional, e pelo auditor chefe Jeferson Alves dos Santos, na Sede da Universidade, nos dias 12, 13 e 14/11, a capacitação visou promover a difusão do conhecimento relacionado a Gestão de Riscos aplicada à realidade da UNIFAL-MG, tendo em vista a Instrução Normativa Conjunta (IN 01/2016) do Ministério da Planejamento e Controladoria-Geral da União (CGU), a qual apresenta diretrizes para que órgãos públicos federais implementassem a Gestão de Riscos. Buscando atender a essa IN, a Universidade promove sistematicamente cursos e discussões a respeito da implantação da Gestão de Risco no âmbito interno.

Durante o curso, foram abordados conceitos necessários à implementação da estrutura de governança, gestão de riscos e controles internos prevista na IN, trazendo como tópicos a evolução histórica de riscos e controles; métodos e normativos nacionais e internacionais sobre gestão de riscos; aplicações do tema no Poder Executivo Federal; objetivos da organização; etapas e técnicas para implementação da gestão de riscos; aplicação das etapas em estudo de caso voltado para setor público; princípios e objetivos do controle interno; processo de controle interno e suas limitações; responsabilidade dos gestores e dos auditores, entre outros. “Esse mesmo curso já havia sido ministrado pela própria CGU na UNIFAL-MG em 2017, entretanto, com os novos gestores enxergamos a possibilidade de divulgar novamente os conceitos da Gestão de Riscos”, conta Prof. Eduardo.

Conforme o palestrante, a metodologia adotada para o curso envolveu teoria e prática, com a participação efetiva dos servidores e gestores. “Os participantes tiveram a oportunidade de verificar as técnicas aplicáveis à Gestão de Riscos e discutir sobre um caso específico de uma universidade”, explica. Segundo Prof. Eduardo, essa é a mesma metodologia do curso da CGU. “Isso aconteceu por conta do auditor chefe Jeferson ministrar esse mesmo curso em várias regiões do país.”

Em virtude de ministrar o curso em outras universidades, Jeferson abordou principalmente as questões mais gerais sobre Gestão de Riscos, e o professor Eduardo abordou as questões de como a UNIFAL-MG aplica a Gestão de Risco. “Acreditamos que o curso ficou bem completo em termos de aplicação e prática com uma visão totalmente voltada para a UNIFAL-MG”, ressalta.

Para os ministrantes, a realização do curso é importante para a Universidade, não apenas para o atendimento à IN 01/2016. “O curso é relevante por apresentar também perspectiva de que poderemos tomar ações em momentos corretos para evitar problemas futuros ou planejar ações caso os problemas ocorram”,  frisa Prof. Eduardo, afirmando que isso contribui para uma gestão mais eficaz.

Além de servidores da UNIFAL-MG, o curso contou com um integrante da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Copy link
Powered by Social Snap