UNIFAL-MG recebe pesquisadora alemã na primeira edição do Simpósio Internacional Multidisciplinar de Assoalho Pélvico

O Programa de Pós-graduação em Ciências da Reabilitação (PPGCR) realizou o 1º Simpósio Internacional Multidisciplinar de Assoalho Pélvico (SIMAP), nos dias 23 e 24/11, juntamente ao 1º Simposio Regional da Associación Latinoamericana de Piso Pelvico do Sul de Minas Gerais e ao 4º Simpósio de Ginecologia e Obstetrícia da UNIFAL-MG. Os eventos promoveram ações de inovação e popularização da ciência, reunindo professores, estudantes e profissionais da saúde, em especial das áreas de fisioterapia, medicina e enfermagem, na Unidade Educacional Santa Clara, em Alfenas.

Um dos destaques da programação foi a participação da pesquisadora alemã Baerbel Junginger, da Charité Universitätsmedizin Berlin, que esteve na conferência de abertura “Anatomia funcional do assoalho pélvico” e falou sobre “Biomecânica abdominopélvica”. Na tarde de 23/11, Baerbel promoveu também um workshop abordando a utilização da ecografia que, no meio fisioterapêutico, pode ser utilizada como biofeedback nas disfunções de assoalho pélvico, assim, o paciente pode observar se sua função muscular está sendo desenvolvida de forma correta por meio das imagens de ultrassonografia pélvica.

Tal participação especial foi viabilizada por meio de parceria entre UNIFAL-MG e Unesp, que financiaram a vinda da palestrante alemã para participação nas disciplinas de seus respectivos programas de pós-graduação. De acordo com a coordenadora do PPGCR, Profa. Simone Botelho Pereira, trazer a pesquisadora alemã, que possui informações tão inovadoras, teve como principal motivação dividir seu conhecimento com toda a comunidade acadêmica e externa à Universidade.

O SIMAP contou também com a Pitching Session sobre o tema “Náusea e vômito durante a gestação: estratégias de controle”, que apresentou projetos ligados à inovação e tecnologia desenvolvidos na Instituição, e atividades abertas à comunidade externa, com participação do grupo musical Batuque Mental, do Teatro Pelvic Pig e da Cia de Ballet Rosana Moterani, que realizou uma apresentação de dança do ventre. “Nosso objetivo foi organizar um evento que fosse ao encontro da missão da Universidade, promovendo a formação plena do ser humano, com base nos princípios da reflexão crítica, valorizando a inovação e buscando a excelência. Por isso, buscamos integrar atividades de extensão, pesquisa, ensino e inovação”, contou a Profa. Simone.

Organizado também pelo Laboratório de UroFisioterapia (LAUFI) e pela Liga Acadêmica de Ginecologia e Obstetrícia da UNIFAL-MG, os simpósios contaram com conferências, mesas-redondas e debates que integraram os diferentes saberes abordados, estimulando o espírito de equipe interdisciplinar para os cuidados com a saúde. Além disso, possibilitou aos pós-graduandos a vivência de organizar, palestrar e aproximar a comunidade científica dos demais profissionais da área.

Vale ressaltar, o apoio da Associação Latinoamericana de Piso Pelvico (ALAPP) e do Conselho Regional de Fisioterapia da 4ª região (CREFITO – 4), e a parceria com o PPGCC/Unicamp, que desenvolve projetos de pesquisa em conjunto, contribuindo para o intercâmbio dos alunos e professores e a cooperação em projetos e organização de eventos.

Fotos: Simone Botelho Pereira

Colaboração: Simone Botelho Pereira, coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Reabilitação da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap