Evento científico mundial será realizado em restaurantes de Alfenas, Poços de Caldas e Varginha em colaboração com a UNIFAL-MG

Devido ao sucesso da edição anterior, o festival mundial de divulgação científica Pint of Science ocorre, mais uma vez, em Alfenas, Poços de Caldas e Varginha nos dias 20, 21 e 22/05. O objetivo do evento, que possui colaboração da UNIFAL-MG, é atrair o público para um bate-papo sobre as descobertas científicas a fim de esclarecer dúvidas sobre diversas áreas do conhecimento. Neste ano, os estudiosos conversam sobre agrotóxicos, vacinas, educação inclusiva, feminismo, arqueologia, nutrição, saúde, economia, desastres ambientais, filosofia, entre outros.

A proposta do festival, ao discutir tais assuntos, é aproximar a ciência aos interessados por essas questões. De acordo com coordenador do Pint of Science de Poços de Caldas, Prof. Cássius Miquele de Melo, do Instituto de Ciência e Tecnologia do campus Poços de Caldas da UNIFAL-MG, o evento “é uma oportunidade de o público conversar com os cientistas, entender como funciona a pesquisa científica e descobrir as dificuldades e as belezas da ciência. Tudo isto de forma descontraída”.

Segundo o professor Ihosvany Camps, do Instituto de Química e um dos coordenadores da atração em Alfenas, é por essa característica de conversar sobre ciência informalmente que o festival deve ser realizado fora dos muros das universidades e em espaços como bares e restaurantes.

Essa fórmula fez sucesso na região e Poços de Caldas, por exemplo, alcançou a maior média de público no estado de Minas Gerais: em 2018, foi registrado o número de 165 pessoas por bar em cada noite. A boa recepção pelo público consagrou o evento e, nesta edição, mais estabelecimentos receberão o festival.  No município de Alfenas, o festival acontecerá no Rockster, No Espeto Cerva e Grill e Skay. Em Poços de Caldas, o evento será realizado nos espaços Bones Cervejaria, Justo no Terraço e New York Pub. Varginha, que não havia sido registrada no Pint of Science em 2018, terá a programação nos restaurantes Água Doce Cachaçaria e Degraus Restaurante.

Para explicar sobre o funcionamento do festival em Varginha, o professor Hélio Costa, do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas do campus Varginha, diz que o evento conta com a presença de pesquisadores vindos de outras universidades, como UFLA, Unifei, Unis e Fundação Procafé. “Esses pesquisadores, que são reconhecidos pelos seus trabalhos de pesquisa, sentam-se em uma mesa de bar e fazem um bate-papo bem informal sobre o que estão pesquisando no momento e como andam os avanços científicos em suas áreas de atuação. Enquanto isso, o público relaxa, bebe uma cerveja, prova um tira-gosto e interage com os cientistas em uma prazerosa conversa”, conclui.

Sobre o evento

O Pint of Science surgiu em 2013, por meio de uma iniciativa de pesquisadores da Inglaterra que realizavam encontros sobre doenças neurodegenerativas. No Brasil, o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP de São Carlos promoveu o primeiro encontro em 2015. Desde então, o evento se expandiu e conquistou o público pela forma descontraída com a qual explica a dinâmica das pesquisas. Em 2016, sete municípios participaram da programação; em 2017, o festival esteve em 22 cidades e, em 2018, o número aumentou para 56 participantes. Neste ano, o Brasil ocupa o primeiro lugar, pois 85 cidades recebem o festival, enquanto a Espanha fica em segundo lugar, com 72.

Sobre a organização do Pint of Science, o professor Cássius Miquele relata que há uma mobilização complexa: o projeto conta com uma equipe nacional de dez pessoas, sete coordenadores regionais, coordenadores dos municípios participantes e, ainda, coordenadores de cada estabelecimento que recebe o festival. “São voluntários, muitos estudantes de pós-graduação e envolvidos na área científica das melhores Universidades do país, com o objetivo de explicar para a população como a Ciência funciona e quais são suas novas descobertas”, finaliza.

É interessante ressaltar que a entrada no evento é gratuita, mas o participante paga o que for consumido nos estabelecimentos. Além disso,  não há emissão de certificado de participação.

Programação em Alfenas

Local: No Espeto Cerva e Grill
Endereço: Av. José Paulino da Costa – Jardim São Lucas, Alfenas – MG.
Horário: A partir das 19h
20/05: “Divulgação da Ciência em Mídias Digitais” e “Ciência Interativa: atividades de divulgação científica realizadas pela Unifei”
21/05: “Um gato e um átomo radioativo entram num bar…” e “O tempo em três tempos”
22/05: “Jovens e aprendizagem atual” e “A Neurociência da dor e do amor”

Local: Rockster
Endereço: Av. José Paulino da Costa, 950 – Jardim Aeroporto III, Alfenas – MG.
Horário: A partir das 19h
20/05: “Arqueologia: desenterrando o passado, para compreender o presente” e “Anomalias ionosféricas pré-terremotos”
21/05: “Nutrição de Boteco” e “Sem superpoderes: comer é simples”
22/05: “Você tem fome de quê?” e “A ciência econômica no nosso cotidiano”

Local: Skay
Endereço: Av. José Paulino da Costa, 551 – Jardim Sao Lucas, Alfenas – MG
Horário: A partir das 19h
20/05: “Atividade solar e relações Sol-Terra” e “Evolucionismo e criacionismo: uma questão de crença?”
21/05: “A conexão de áreas distintivas do conhecimento humano através da busca matemática” e “Startopee”
22/05: “Náusea e vômitos na gestação: um desconforto que pode ser tratado sem medicação” e “Evidências científicas da qualidade dos serviços do sistema único de saúde”

Programação em Poços de Caldas

Local: Bones Cervejaria
Endereço: Av. Monsenhor Alderige, 14 – Jardim Country Club, Poços de Caldas – MG
Horário: A partir das 19h
20/05: “Por que o feminismo incomoda tanto?” e “O Agro nem sempre é pop: o agrotóxico nosso de cada dia”
21/05: “Desastres Ambientais: O que (não) aprendemos” e “A interdisciplinaridade, a Matemática a Física, a Geologia, a preservação e a remediação”
22/05: “Violência e saúde mental” e “Laser e Aplicações: Passado, Presente e Futuro”

Local: Justo no Terraço
Endereço: Av. Dr. Reinaldo Amarante, 410 – Da Saúde, Poços de Caldas – MG
Horário: A partir das 19h
20/05: “Ciência e Pseudociência / Terapias Quânticas: Mito ou Verdade”
21/05: “O que são e como funcionam as vacinas?” e “Genoma Humano e Medicina Preventiva (Vamos falar do CRISPR???)”
22/05: “O que é, de fato, educação inclusiva?” e “A ciência por trás da Previsão do Tempo”

Local: New York Pub
Endereço: R. Rio de Janeiro, 243 – Poços de Caldas – MG
Horário: A partir das 19h
20/05: “Vou virar o Hulk? Efeitos Biológicos das Radiações Ionizantes” e “Algarismos significativos: para que servem?”
21/05: “Clima Espacial” e “Don’t Worry, (if) BEE happy: a importância das abelhas em nossas vidas”
22/05: “Buracos negros e ondas gravitacionais” e “E os robôs? Precisamos de um plano…”

Programação em Varginha

Local: Degraus Restaurante
Endereço: Av. Rui Barbosa, 230 – Centro, Varginha – MG
Horário: A partir das 19h
20/05: “Processamento de Linguagem Natural, Machine Learning e Deep Learning” e “Sistemas Inteligentes e Conscientes”
21/05: “Ciência de Dados na Prevenção de Acidentes” e “Métodos computacionais para grandes bases de dados”
22/05: “Mobiliza 360: vídeos em 360º para educação e gestão pública” e “As interfaces da Educação e a Tecnologia”

Local: Água Doce Cachaçaria
Endereço: Av. Salum Assad David, 6 – Santa Luiza, Varginha – MG
Horário: A partir das 19h
20/05: “Roda de Samba Roda da Vida” e “”Causos” do Interior”
21/05: “História do Pensamento Econômico Brasileiro” e “Uma discussão sobre a Teoria Monetária Moderna”
22/05: “Café: da muda à xícara” e “Impactos da pesquisa na produção do café do Sul de Minas”

A programação completa, bem como os pesquisadores que participarão do evento, podem ser acessados nos sites http://pintofscience.com.br/events/pocosdecaldas,
http://pintofscience.com.br/events/alfenas e http://pintofscience.com.br/events/varginha

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG 

Copy link
Powered by Social Snap