Roda de conversa sobre revisão e editoração reúne discentes e coordenadora de curadoria e conteúdo do maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil

Discentes da UNIFAL-MG participaram de uma roda de conversa com Cynthia Spaggiari, coordenadora de Curadoria e Conteúdo da Leiturinha – o maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil. O evento aconteceu no Teatro Municipal de Alfenas, na última quarta-feira (15/05), com o objetivo de discutir as tendências do mercado editorial infantil no país e aproximar os discentes de profissionais que já atuam no setor por meio da partilha de experiências.

Coordenada pelas professoras do curso de Letras da UNIFAL-MG, Flaviane Faria Carvalho e Paula da Costa Souza, a 1ª Roda de Conversa sobre Editoração e Revisão surgiu de observações de determinadas demandas dentro da sala de aula. “Como docente responsável pela disciplina Revisão e Editoração de Textos, pude perceber um significativo interesse por parte dos discentes em conhecer e atuar no setor editorial. Em contrapartida, também descobri certa demanda em nossa região por profissionais com formação para atuar neste mercado. E grande parte dos nossos discentes não sabe que há empresas deste ramo que tem se destacado no cenário nacional e que estão localizadas bem pertinho, como é o caso Leiturinha, com sede em Poços de Caldas”, explica a Profa. Flaviane.

Ao longo da roda de conversa, Cynthia ressaltou a importância do afeto como recurso mediador e estimulador da leitura, destacou as habilidades emocionais como temáticas mais exploradas pelos livros infantis hoje e, ainda, enfatizou a importância do trabalho para garantir a pluralidade e a inclusão na oferta de livros aos leitores.

Ao final do evento, os alunos participaram ativamente com perguntas. O relato da aluna do curso de Letras, Carolina Gomes, valida o interesse da turma: “adorei o evento com a Cynthia dividindo com a gente a experiência dela. É um quentinho no coração para mim que comecei a conhecer agora esse ambiente editorial. Estou trabalhando com revisão há uns meses e, às vezes, me perco um pouco em uma rotina muito instrumental. Mas encontros assim trazem outras perspectivas e vontades! Estava sentindo falta de criatividade no meu dia a dia!”.

 

(Crédito da imagem: André Stanley)

 

Colaboração: Flaviane Faria Carvalho, professora do Instituto de Ciências Humanas e Letras da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap