Convidada surdocega relata experiências e desafios em bate-papo no canal “UNIFAL-MG Acessível em Libras”

Em comemoração ao Dia Internacional do Surdocego (27/06), o tradutor e intérprete de Libras da UNIFAL-MG campus Varginha, Cássio Vasconcelos, convidou a analista de sistemas e representante da Associação Brasileira de Surdocegos – ABRASC, Lara Gontijo, para compartilhar suas experiências pessoais de superação, bem como o cotidiano da vida da pessoa surdocega. O bate-papo foi gravado e está disponível no canal UNIFAL-MG Acessível em Libras no youtube.

“A data escolhida para celebração do dia do surdocego faz referência ao dia do nascimento da primeira surdocega a conquistar um diploma de bacharelado, Helen Keller. Sendo assim, hoje compartilhamos no Facebook algumas histórias de luta e superação para fortalecer esse exemplo”, disse Cássio, citando alguns nomes, como: Janine Farias, de 22 anos, primeira surdocega congênita a fazer faculdade no Brasil; Rosani Suzin, surdocega formada em Letras-Libras e coordenadora Nacional dos Surdocegos pela Federação Nacional de Educação e Integração dos surdos FENEIS; e Ernesto Silva, professor de Libras e ex-avaliador da banca do CAS-BH.

Para o tradutor e intérprete, tais exemplos “mostram características como coragem, inteligência e luta destas pessoas para conquistar espaço na sociedade que, outrora, os via apenas pelo olhar clínico, como pessoas deficientes que não podiam exercer seus direitos de cidadãos”.

Confira o bate-papo e acompanhe o canal!

Colaboração: Cássio Vasconcelos, tradutor e intérprete de Libras da UNIFAL-MG campus Varginha

Copy link
Powered by Social Snap