Semana é marcada por atividades de acolhida ao calouro na UNIFAL-MG

Durante os dias 09 e 13 de março, os estudantes ingressantes da UNIFAL-MG participaram de atividades especiais de acolhida ao calouro no campus sede e Unidade Santa Clara, em Alfenas, e nos campi de Poços de Caldas e Varginha. Os eventos foram coordenados pela Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis com apoio da Reitoria, direções dos campi, coordenadores de curso, projetos de extensão e de outras pró-reitorias acadêmicas e administrativas da UNIFAL-MG.

Além de apresentações de aspectos psicossociais, oportunidades, normativas e procedimentos acadêmicos, a programação ofereceu as palestras “Inovação e Carreira”, ministrada pela professora Izabella Carneiro Bastos da Agência de Inovação e Empreendedorismo da Universidade, no campus sede; “Hei robô! Não me faça pensar”, proferida pelo professor Hélio Lemes, do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), na Unidade Santa Clara; “Por que somos universidade na Universidade”, ministrada pela professora Marta Gouveia de Oliveira Rovai, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), no campus Poços de Caldas; e “Cheguei à universidade. E agora?”, proferida pelo professor Paulo César de Oliveira, do ICHL, no campus Varginha.

A “Acolhida ao Calouro” contemplou também atividades culturais com apresentações do Madrigal Renascentista Unifal, da Orquestra Popular da UNIFAL-MG e do músico John Tittor.

Para a coordenadora do curso de Fisioterapia, Profa. Lígia de Sousa Marino, o momento de acolhida é importante para integrar o estudante ao ambiente universitário. “Acrescenta muito ao aluno e faz com que ele se sinta cada vez mais à vontade dentro da Universidade que passa a ser então a casa dele por mais de 4 anos, dependendo do curso”, diz.

No campus Varginha, os calouros receberam as boas-vindas da Reitoria, com a presença do vice-reitor. Na sequência, prestigiaram a palestra “Cheguei à universidade. E agora?”, proferida pelo professor Paulo César de Oliveira, do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL).  A apresentação do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Economia (BICE) aconteceu em seguida.

A vice-coordenadora do curso de Odontologia, Profa. Marcela Filie Haddad, acredita que o evento de acolhida contribui para que os recém-chegados possam conhecer melhor como funciona a estrutura na Universidade e, consequentemente, aproveitarem melhor as oportunidades oferecidas durante a graduação. “Os ingressantes chegam aqui, cada um com uma cultura diferente, uma criação diferente, sem muita noção do que acontece aqui dentro. A gente tenta mostrar a importância e a possibilidade de crescimento que eles vão ter com esse convívio de pessoas vindas de lugares tão diferentes, com ideias tão diferentes”, comenta.

Em Poços de Caldas, as boas-vindas da Reitoria aos novos discentes foram transmitidas pelo pró-reitor de Administração e Finanças, Prof. Mayk Coelho. Em Alfenas e Varginha, os novos discentes da UNIFAL-MG foram acolhidos pelo vice-reitor, Prof. Alessandro Antônio Costa Pereira.

“A sociedade brasileira se reflete hoje na universidade pública. Até alguns anos atrás ela era muito elitizada, somente um grupo se fazia presente. Hoje não. A Universidade representa a diversidade. Aqui e, principalmente, na idade de vocês, é de suma importância o debate e o livre pensar. Então, amparem-se em seus professores para que eles possam guiá-los”, salientou o vice-reitor, Prof. Alessandro Pereira, em pronunciamento.

Em seu pronunciamento, o professor Alessandro Pereira, ressaltou a diversidade no ambiente universitário, que segundo ele, deve ser respeitada e discutida. “A sociedade brasileira se reflete hoje na universidade pública. Até alguns anos atrás ela era muito elitizada, somente um grupo se fazia presente. Hoje não. A Universidade representa a diversidade”, enfatizou. “Aqui e, principalmente, na idade de vocês, é de suma importância o debate e o livre pensar. Então, amparem-se em seus professores para que eles possam guiá-los”, salientou aos calouros.

O reitor da UNIFAL-MG, Prof. Sandro Amadeu Cerveira, deu as boas-vindas por meio de vídeo e reafirmou o compromisso da Universidade com o ensino público, gratuito e de qualidade. O reitor também ressaltou que na UNIFAL-MG os estudantes poderão contribuir com o conhecimento científico no país por meio da pesquisa e também aprender com a comunidade por meio de projetos de extensão. Outro ponto destacado pelo professor Sandro Amadeu foi a dimensão afetiva da Universidade como um espaço de surgimento de grandes amizades e de compreensão da diversidade.

A acolhida ao calouro 2020 termina nesta sexta-feira, em Poços de Caldas, com a visita guiada pela Profa. Carolina Del Roveri, ao Monumento do Cristo, para observação do relevo da cidade, dentre outros aspectos, sendo uma atividade relacionada ao curso de Engenharia de Minas.

Visão de quem está chegando à Universidade

Para a ingressante do BICT que veio de Lavras-MG, Lívia Sales Silva, a acolhida surtiu um efeito positivo, pois conheceu projetos de extensão do campus: “a acolhida ao calouro é muito interessante. Eu gostei bastante. É legal trabalhar a parte de extensão, tirar da Universidade aquilo que a gente estuda e mostrar para quem não tem acesso”. Para ela, que pretende atuar com pesquisa e nanotecnologia, o número de ingressantes mulheres em um curso de exatas é motivo de comemoração por demonstrar o potencial feminino. “O cérebro masculino e o cérebro feminino são iguais, não existe uma diferenciação. É interessante mostrar isso na prática, na Universidade. Não só as mulheres, mas os negros e LGBT’s também. Isso mostra como o campus e todos os demais aceitam as diferenças que existem na sociedade em que vivemos”, disse.

A expectativa de cursar o bacharelado interdisciplinar também é grande para Sergio Leonardo de Carvalho Martins, que veio de Taubaté/SP e pretende cursar Engenharia Ambiental: “eu conheci a UNIFAL-MG por meio do meu professor de matemática que é egresso da Instituição. Eu gostei dessa parte de ser interdisciplinar, porque você está no curso de engenharia, mas tem noções de biologia, química, de filosofia, e isso agrega e forma profissionais mais completos.”

Projetos apresentados na Acolhida ao Calouro 2020

Alfenas

  • Cão Comunitário, experiência do IFSul de Minas com cães abandonados
  • Enactus
  • Diretório Central de Estudantes

Poços de Caldas

  • Calouro Cidadão
  • Liga Desportiva UNIFAL-MG (LDU)
  • Bateria Vulcana
  • Empresa Júnior
  • Entidades de representação estudantis

Varginha

  • Prosa em Roda
  • Programa Tutorial Acadêmico (PTA)
  • Programa Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão (PIEPEX)

 

Alfenas

Poços de Caldas

Varginha

Colaboração: Ana Carolina Araújo e Luciana Costa de Resende - jornalistas da UNIFAL-MG | Túlio Rabelo - estagiário de Comunicação Social do campus Varginha

Copy link
Powered by Social Snap