Você sabe como realizar o isolamento domiciliar?

A doença chamada COVID-19 é transmitida pelo Corona vírus por meio de tosse, espirro e secreções de indivíduos já contaminados para pessoas saudáveis. Para evitar a disseminação da doença, é preciso fazer o isolamento domiciliar.

Quem deve ficar em isolamento domiciliar?

O Ministério da Saúde indica que devem ficar em isolamento domiciliar tanto as pessoas que apresentam sintomas de gripe, quanto às pessoas classificadas como caso confirmado, contactante de casos confirmados, caso suspeito, caso provável (contato íntimo com caso confirmado) e portador sem sintoma. O isolamento hospitalar pode ser indicado a depender das condições clínicas da pessoa que apresente a doença, principalmente na ocorrência de falta de ar.

Quanto tempo dura o isolamento domiciliar?

Se um morador da casa tiver teste diagnóstico positivo para Coronavírus, todos os outros moradores permanecem em isolamento por 14 dias também. Caso outro familiar da casa também inicie os sintomas leves, ele deve reiniciar o isolamento de 14 dias. Se os sintomas forem graves, como dificuldade para respirar, ele deve procurar orientação médica.

Quais os cuidados devem ser tomados no isolamento domiciliar?

Cuidados com o ambiente:

– separar um quarto para o isolamento do doente;

– no quarto usado para o isolamento deve-se manter a janela aberta para a circulação do ar, a porta fechada durante todo o tempo e limpar a maçaneta frequentemente com álcool 70% ou com solução de água sanitária.

– em casas com apenas um quarto, os demais moradores devem dormir na sala, longe do paciente infectado.

– o lixo do paciente deve ser separado dos demais moradores e descartado;

– se o banheiro for compartilhado, fazer higienização da pia, vaso sanitário e outras superfícies frequentemente com água e sabão, solução de água sanitária ou álcool 70%;

– não compartilhar sofás e cadeiras;

– limpar os móveis da casa frequentemente com solução de água sanitária ou álcool 70%;

Cuidados com os itens de uso:

– lavar as roupas do paciente separadamente dos demais membros da família;

– não compartilhar toalhas de banho e outros objetos de uso pessoal (como talheres, copos e pratos);

– não compartilhar o telefone celular. Este item deve ser limpo frequentemente com pano ou algodão umedecido em álcool 70%. Desligar o aparelho antes de proceder a limpeza.

Cuidados na conduta da pessoa doente:

– manter distância mínima de 1 metro dos demais moradores;

– utilize a máscara o tempo todo;

– lave as mãos com água e sabão frequentemente;

– evite tocar olhos, nariz ou boca;

– lavar as mãos com água e sabão depois de usar o banheiro;

– se for necessário cozinhar, utilizar máscara cobrindo boca e nariz o tempo todo.

Como fazer a solução com água sanitária:

– Separe 25 ml (meia xícara de café) de água sanitária comum. Pegue uma garrafa de plástico com capacidade de 1 litro e adicione os 25 ml de água sanitária e complete o volume da garrafa com água da torneira, tampe e agite para misturar. Identifique o frasco nome “Água Sanitária Diluída” para evitar acidentes. Guarde em local fresco, longe do sol e longe do alcance das crianças e dos animais. Essa solução deve ser aplicada no ambiente, após a limpeza com água e sabão, por meio de borrifador ou com uso de pano. Não se deve misturar água sanitária com detergentes, pois ela perde o efeito. Essa solução não pode ser aplicada em aparelhos eletrônicos e celulares.

Para mais informações, acesse o site: https://www.saude.gov.br/coronavirus

Este informativo é produto do Projeto de Extensão: Comunicação e Informação em Enfermagem e Saúde, que tem por objetivo principal informar a população em geral sobre temas em saúde.

Autores: Laura Soares Rodrigues Silva, Daniel de Souza Oliveira, Catiane Pereira Melo, Geovanna Maria Isidoro, Paloma Elisama Oliveira, Joice Marques Ribeiro, Gabriela Aparecida Leonel, Brenda Domingues Silva, Igor Moraes Monteiro, Jonas Paulo Batista Dias, Maria Augusta Brandt Paiva, Marina Lefol Nani Carvalho, Erika de Cássia Lopes Chaves, Simone Albino da Silva.

Colaboração: Programa de Educação Tutorial – PET/Enfermagem; Escola de Enfermagem; Pró-Reitoria de Extensão

REFERÊNCIAS

BRASIL. Ministério da Saúde. Coronavírus: Condições de isolamento e quarentena. 2020. Disponível em:  https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/46536-saude-regulamenta-condicoes-de-isolamento-e-quarentena

BRASIL. Ministério da Saúde. Novo coronavírus: isolamento domiciliar. 2020. Disponível em: https://saude.rs.gov.br/upload/arquivos/202002/12090034-coronavirus-isolamento-domiciliar-1.pdf

BRASIL. Ministério da Saúde: Regulamentação de medidas de isolamento e quarentena. 2020. Disponível em: https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2020/03/ministerio-da-saude-regulamenta-medidas-de-isolamento-e-quarentena

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Home care for patients with suspected novel coronavirus ( nCoV ) infection presenting with mild symptoms and management of contacts. Who, n. January, p. 4–6, 2020.

Copy link
Powered by Social Snap