Ex-aluna da UNIFAL-MG defende tese de doutorado na Holanda; tema da pesquisa teve início durante mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

A egressa do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Clarissa Justino de Lima, defendeu sua tese de doutorado na Universidade de Delft, na Holanda, em 31/03. O tema do estudo realizado no exterior teve início ainda durante o curso de mestrado feito na UNIFAL-MG, quando a discente foi inserida na ciência dos vidros e defendeu, em 2014, a dissertação “Vidros fosfatos de metais de transição”, sob orientação da professora do Instituto de Ciência e Tecnologia, Fabia Castro Cassanjes.

“Mesmo depois de defender o mestrado, a Clarissa manteve um vínculo colaborativo com o grupo de pesquisa de vidros da UNIFAL-MG, pois foi aqui que ela pode iniciar seu trabalho na área e depois prosseguir para a TU Delft”, revela a Profa. Fabia, que participou da banca de defesa do doutorado por videoconferência.

De acordo com Clarissa, a experiência positiva e o conhecimento adquirido durante o mestrado na UNIFAL-MG foram fundamentais para o êxito no curso de doutorado. “Foi graças à minha pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, realizada no campus Poços de Caldas, que tive meu primeiro contato com vidros. Durante os dois anos do mestrado, meu interesse pelo assunto e pela pesquisa foram crescendo. Além disso, a Universidade e meus orientadores sempre incentivaram minha participação em congressos, escolas de verão e estágio docente”, disse.

A egressa comentou ainda que, finalizar o doutorado, durante a pandemia do novo coronavírus, foi uma vivência muito incomum. “A cerimônia ocorreu de forma bem diferente do planejado: presencialmente estavam apenas o orientador da pesquisa, Prof. Frederic Veer , o vice-reitor, a mestre de cerimônias e meu namorado. Todos os demais membros da banca participaram virtualmente, assim como a Profa. Fabia”, contou.

Para a Profa. Fabia, integrar a banca foi um grande aprendizado: “a defesa na Holanda segue protocolos muito diferentes da brasileira. Senti muito por não poder estar presente com ela, mas estou feliz por saber que ela já está empregada e prossegue pesquisando na área de vidros. A Clarissa sempre foi muito dedicada e compromissada com os estudos e pesquisa”.

O título da tese de Clarissa foi “Innovative low-melting glass compositions containing fly ash and blast furnace slag”. Vale mencionar que todo o seu doutorado foi realizado na Universidade de Delft, considerada a maior e mais antiga universidade tecnológica pública da Holanda, que está entre as 20 melhores universidades de engenharia do mundo. Atualmente, a egressa da UNIFAL-MG é cientista sênior na American Glass Research (Agr), empresa fornecedora de serviços essenciais para fabricantes e usuários de produtos de vidro.

Fotos: arquivo pessoal Fábia Castro

Colaboração: Fabia Castro Cassanjes, professora do campus Poços de Caldas da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap