UNIFAL-MG, por meio do Consuni, emite Nota Pública de Repúdio pelo despejo de famílias do acampamento de reforma agrária Quilombo Campo Grande, de Campo do Meio, sul de Minas Gerais

O Conselho Universitário (Consuni) da UNIFAL-MG emitiu uma NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO referente ao despejo, em plena pandemia de Covid-19, de famílias do acampamento de reforma agrária Quilombo Campo Grande, do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), no município de Campo do Meio, no sul de Minas Gerais.

A ação de despejo ocorreu entre os dias 12 e 14 de agosto com apoio da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais para cumprimento do mandado de reintegração de posse. Por informações oficiais do MST e da imprensa regional e nacional,  quatro trabalhadores rurais foram presos durante a ação e as casas de 14 famílias, o barracão de beneficiamento de café e a escola do acampamento foram destruídos.

Conforme a Nota de Repúdio, o Quilombo Campo Grande ocupa parte de uma área de 4.000 hectares da Usina Ariadnópolis que faliu nos meados dos anos 90. Segundo o documento, muitos dos acampados eram trabalhadores da antiga usina que não receberam seus direitos trabalhistas com a falência da empresa.

Durante a ação de despejo, foi ateado fogo na vegetação do local. (Crédito da Imagem: Isabelle Medeiros/Mídia Ninja)

A nota do Consuni cita as parcerias da UNIFAL-MG com Quilombo Campo Grande no desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão, entre elas, a FACU (Feira Agroecológica e Cultural da UNIFAL-MG) realizada no campus sede ao longo de 2019.

Além da Nota de Repúdio, aprovada em reunião extraordinária no dia 14 de agosto, o Consuni aprovou a constituição de uma comissão especial para acompanhamento das famílias despejadas e verificar situações de violação dos direitos humanos e, também, para garantir a continuidade da das ações de ensino, pesquisa e extensão da UNIFAL-MG que ocorrem no local.

Na sexta-feira, 14/08, o Fórum das Instituições Públicas de Ensino Superior de Minas Gerais (Foripes), também se manifestou sobre a ação de reintegração de posse.

Confira a Nota do Conselho Universitário da UNIFAL-MG na íntegra: Resolução 22 de 14/08/2020.

Copy link
Powered by Social Snap