Cineclube UNIFAL-MG completa 10 anos como espaço consolidado na promoção do cinema e na formação socioeducativa, cultural e audiovisual dos cidadãos de Alfenas

Neste ano de 2020, o Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL) está completando 10 anos de existência na Instituição, data que coincide com a criação do Cineclube UNIFAL-MG, projeto de extensão que utiliza o cinema para desenvolver o princípio universal de formação integral do cidadão e sua inclusão em processos socioeducativos de leitura audiovisual.

Coordenado pelo professor Ítalo Oscar Riccardi Leon, do Departamento de Letras do ICHL, a primeira atividade que originou a criação do projeto teve início com a exibição do filme Sob a mesma lua” (México/EUA, 2007), dirigido por Patrícia Riggen, uma jovem cineasta estreante em longas-metragens, realizada em dezembro de 2009, no auditório Leão de Faria, na sede da Universidade. “A exibição, com áudio em espanhol e legendas em português, foi um sucesso, tendo depois que ser exibida várias vezes antes do encerramento daquele ano”, relembra Prof. Ítalo.

Trajetória marcada por ações cinematográficas desenvolvidas em parceria com outros projetos
Prof. Italo Oscar Riccardi León – coordenador do Cineclube UNIFAL-MG (Foto: Reprodução/Vídeo Comemorativo)

Segundo relata o coordenador do projeto, a partir dessa primeira exibição, registrou-se uma demanda cinematográfica entre os membros da comunidade acadêmica e da comunidade externa, bem como interesses culturais e educativos. “Surgiu a necessidade de elaborar um projeto de caráter formativo voltado para a exibição de filmes e seus diversos gêneros narrativos cinematográficos, juntamente à possibilidade de promover debates de caráter crítico, iniciativa que foi registrada na Pró-Reitoria de Extensão (Proex)”, detalha.

Nos 10 anos de realização de atividades e promoção de diversas ações cinematográficas com a participação da comunidade, o Cineclube UNIFAL-MG teve uma excelente acolhida. “O Cineclube UNIFAL-MG representa uma experiência docente formativa considerável por meio do cinema, que se foi acumulando e norteou o trabalho de ações extensivas, assim como de reflexões, abordagens e desdobramentos significativos na realização das atividades do projeto que se concretizaram por meio de uma programação contínua de exibições mensais de filmes de qualidade direcionadas à comunidade discente, docente e funcionários da UNIFAL-MG”, afirma Prof. Ítalo.

Valorização da cultura audiovisual

Conforme o coordenador, as atividades extensivas como ciclos, mostras e grupos de estudos, vinculadas ao projeto, são abertas para participação da comunidade externa alfenense e se caracterizam por promover a exibição de filmes nacionais e estrangeiros que nem sempre estão disponíveis no circuito comercial de Alfenas ou são de difícil acesso.

“Todas as ações do Cineclube UNIFAL-MG se destacam por priorizar o fomento à promoção de ações socioculturais e de ressignificação do cinema, concebido como um importante recurso de conhecimento, leitura/letramento audiovisual, visão de mundo, cultura, inclusão social e cidadania, cujas ações e abordagens mais abrangentes estão em consonância com as Metas 22, 23 e 24 do Plano Nacional de Cultura do Ministério de Cultura”, comenta. Em 2011, além de valorizar a cultura audiovisual por meio do cinema e suas exibições, o Plano Nacional de Cultura deu margem ao incentivo das atividades promovidas pelos cineclubes no contexto do espaço cinematográfico brasileiro.

Oficina “A Escrita do Roteiro” promovida em 2017 com a presença de Jovany Sales Rey, destacado roteirista profissional alfenense. Na foto, também a professora Flaviane Faria Carvalho, da área de Comunicação Social e Estudos em Linguística Aplicada do ICHL, integrante do projeto. (Foto: arquivo do projeto Cineclube UNIFAL-MG)

Prof. Ítalo também relembra que a aprovação da Lei nº 13.006 pelo Governo Federal em 2014 favoreceu as ações e demandas cinematográficas, visto que determinou que as escolas incluíssem a exibição de no mínimo duas horas mensais de filmes nacionais, como componente curricular e complementar integrado à proposta pedagógica. “Isso possibilitou o desenvolvimento de ações como ‘A Escola vai ao Cinema’, um eixo importante do Cineclube UNIFAL-MG que permitiu um atendimento muito válido de política pública direcionado às escolas da cidade de Alfenas, e até de outros municípios próximos”, reforça.

Por meio dessa ação, o projeto promoveu exibições de qualidade programadas com grupos de alunos e professores do ensino infantil, fundamental e médio das escolas estaduais, municipais e particulares interessadas pela exibição de filmes. A ação do Cineclube UNIFAL-MG também envolveu outras instituições educativas e sociais de ensino como o Instituto Ipanema, mantido pela Ipanema Coffees, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC).

Entre outras ações formativas que foram desenvolvidas pelo Cineclube UNIFAL-MG em seus 10 anos, destaca-se ainda o “ENSINEMA”, parceria cinematográfica com o curso de Pedagogia. Esta ação teve por objetivo desenvolver uma atividade educativo-curricular e interdisciplinar voltada ao cinema e suas dimensões de fruição e de formação de visões de mundo. “Por meio dessa ação, integrada e coordenada, principalmente, pela professora Geovânia Lúcia dos Santos e o professor Ronaldo Auad Moreira, colegas apaixonados pelo cinema, foram exibidos filmes que tinham como temática central à educação em suas múltiplas dimensões e manifestações, articulados com a exibição de produções diversas da cinematografia nacional e mundial”, conta Prof. Ítalo.

Participações, colaborações e parcerias de caráter intercultural também marcaram a jornada de 10 anos do Cineclube UNIFAL-MG. Algumas dessas parcerias foram feitas com a UNATI, o PIBID, a Residência Pedagógica, o PET-Letras e disciplinas. Uma vez que o projeto está vinculado ao Grupo de Pesquisa Literatura, Linguagens e outros Saberes, coordenado pela professora Aparecida Maria Nunes, e ao Grupo de Pesquisa em Estudos Hispânicos, coordenado pela professora Fernanda Aparecida Ribeiro, o Cineclube UNIFAL-MG também esteve presente apresentando seus resultados em eventos científicos, sendo premiado em 1º lugar com trabalhos no Simpósio Integrado – Múltiplo Saberes, promovido pela Universidade.

Leitura e reflexão teórica sobre o cinema
Capa da publicação impressa do documentário “Histórias de quando a água chegou…”

A partir de 2015, o Cineclube UNIFAL-MG integrou o Programa CIVITAS – Práticas e Teorias do Literário, coordenado pelo professor Wellington Ferreira Lima, e inaugurou um outro eixo cineclubista que, aprovado pelo PROBEXT/2017, possibilitou entre seus diversos objetivos a promoção de encontros que incentivaram leitura e reflexão teórica sobre o cinema concebido como um bem cultural. “Esta ação permitiu, posteriormente, o desenvolvimento de oficinas voltadas para o atendimento da necessidade audiovisual de escrita do roteiro, o que proporcionou condições excelentes para a elaboração e produção de documentários”, conta Prof. Ítalo.

Das ações integradas com o Programa CIVITAS, originou-se a produção de três documentários audiovisuais, que compuseram a série “Histórias de quando a água chegou…”. “Essas iniciativas foram contempladas com bolsas até 2019, e surgiram por ocasião da construção da Usina Hidrelétrica de Furnas que impactou a vida de muitas pessoas que viviam na região Sul de Minas, no início dos anos 1960. Portanto, concebendo o registro de histórias da tradição oral na forma escrita como um recurso comumente utilizado na Literatura, focou-se, decorridas já mais de cinco décadas desde a inundação provocada por Furnas, que essas histórias fossem registradas considerando que muitas delas se consideravam perdidas ou esquecidas”, explica.

Os documentários também geraram uma publicação impressa pela Pró-Reitoria de Extensão, divulgada em 2017.

Segundo professor Ítalo, a coordenação do projeto prepara o lançamento de uma edição comemorativa dos 10 anos em forma e-book intitulado “Cineclube UNIFAL-MG: Espaço de formação cinematográfica, cultura e cidadania”, com lançamento previsto para acontecer ainda neste segundo semestre de 2020.

Confira o resumo das atividades dos 10 anos do Cineclube UNIFAL-MG 

Assista ao vídeo comemorativo dos 10 anos

Acompanhe também as atividades do projeto pelo Facebook

Copy link
Powered by Social Snap