Jornais de Minas repercutem pesquisa da UNIFAL-MG sobre novo método para realizar testes rápidos e facilitar identificação de pessoas com Covid-19

No dia 21/09, o G1 – Sul de Minas e Jornal Estado de Minas publicaram notícia sobre a pesquisa da UNIFAL-MG que estuda um novo método para diagnosticar a Covid-19 por meio de testes rápidos, de alta confiabilidade, com o objetivo de identificar a doença entre o 3° e 6° dia de infecção, a partir da saliva do paciente. O professor do Instituto de Química e coordenador do projeto, Luciano Sindra Virtuoso, foi entrevistado e afirmou que a proposta é bem distinta dos atuais testes diagnósticos.

“A expectativa é que, dentro de sete meses, todas as quatro primeiras etapas sejam concluídas. Depois, ainda faltará a etapa de validação, que poderá durar de 2 a 4 meses”, contou o professor ao G1 – Sul de Minas.

Confira as matérias na íntegra: Jornal EPTV e Jornal Estado de Minas Gerais

*Milena Favalli Simão é estagiária da Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap