Em cerimônia emocionante, universitários dos cursos de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Engenharias, Farmácia, Medicina, História e Pedagogia colam grau por webconferência

Em período de distanciamento social, como forma de prevenção à Covid-19, a UNIFAL-MG adotou o sistema de formaturas por webconferência. O modelo, que pode ser considerado pouco interativo para muitos, tem se mostrado muito acolhedor e emocionante para os formandos, familiares e docentes. Mais um exemplo disso foi a formatura da sexta-feira, 23/10, dos cursos de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT), Engenharia Ambiental, Engenharia de Minas, Engenharia Química, Farmácia, Medicina, História e Pedagogia. A cerimônia foi transmitida pelo Youtube, e os 23 formandos comemoraram o momento com seus familiares, com diversas manifestações carinhosas pelo chat da plataforma.

Mesmo virtualmente, a comemoração é garantida nas formaturas. (Crédito da Imagem: reprodução/Youtube)

No protocolo das colações de grau da UNIFAL-MG, antes de o formando se tornar graduado, ele deve prestar um juramento solene de ser fiel aos preceitos da ética, da liberdade e da diversidade; jurar respeitar e defender os direitos humanos; jurar contribuir para o desenvolvimento nacional, para a erradicação da pobreza, da marginalização e para a superação das desigualdades sociais e regionais; e, com ênfase, jurar exercer a profissão buscando a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. O juramento da UNIFAL-MG foi baseado nos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, destacados no artigo 3º da Constituição Federal, proferido pela médica Bruna Melo de Oliveira e confirmado por todos os formandos.

Durante a cerimônia, a emoção foi motivada pelos discursos dos docentes e dos personagens principais da cerimônia: os formandos e formandas. Pelo curso de Medicina, a oradora foi a médica Helena Schumann de Oliveira. Sobre o período universitário, ela disse: “Em Alfenas, encontramos uma Universidade que mais parecia uma família, com professores que nos adotaram, nos ensinaram. Começamos com um vestibular, passamos por aulas, provas, trabalhos, seminários, mais provas, aulas práticas, ambulatórios e plantões, mas também vivemos momentos bem únicos, como a responsabilidade de fazer parte da fundação de um curso novo na UNIFAL-MG, de fazer um sonho há tanto tempo idealizado se concretizar”.

A oradora Joyce Machado de Oliveira recebendo os parabéns do professor Ronaldo Auad, coordenador da Pedagogia. (Foto: reprodução/Youtube)

Para os novos médicos graduados pela UNIFAL-MG, Helena Schumann enfatizou: “Espero que eu e meus colegas possamos fazer jus a toda  a dedicação de professores e administradores que trabalharam incansavelmente para que ele virasse realidade”, completou. Além dos tradicionais agradecimentos à família, aos colegas de turma,  aos professores e à equipe de profissionais da Universidade, ela lembrou da comunidade atendida pelos serviços da UNIFAL-MG. “Gostaria de agradecer a cada um dos pacientes que atendemos durante todos esses anos. Eles dividiram conosco suas histórias e até momentos de maior dor e sofrimento e, com isso, comprovaram aquilo que nossos mestres nos ensinaram: a empatia e a compaixão são tão importantes para o tratamento quanto a conduta clínica”, finalizou.

A encarregada de proferir a mensagem aos pais, mestres e ausentes pelo curso de Pedagogia, a licenciada Joyce Machado de Oliveira, colocou seu discurso no contexto de uma formatura com cursos de diversas áreas. “Hoje, são oito cursos, muitas histórias que se unem com uma finalidade: a conclusão de um sonho; sonho este que compartilhado, comemorado e motivo de muito orgulho para os nossos pais […]. A vocês, que sempre estiveram presentes com o olhar de quem confia e acredita em nossa caminhada; que trabalharam dobrado, sacrificaram seus sonhos em favor dos nossos, emocionaram-se com nossas primeiras vitórias, viveram nossas alegrias e desesperos ao final de cada semestre. Depois de uma vida inteira de dedicação, só o que podemos dizer, neste momento, é ‘obrigada’. A vocês, nossos queridos pais, oferecemos a nossa vitória”, agradeceu a nova pedagoga graduada pela UNIFAL-MG.

O bacharel João Paulo Reis Gregatti recebeu o prêmio “Destaque Acadêmico” pelo BICT. (Foto: reprodução/Youtube)

Como representante da coordenação do curso de Engenharia Química, a professora Jaqueline Costa Martins desejou sucesso e realizações na carreira dos novos profissionais, que se dedicaram arduamente para que este momento chegasse. “Da nossa breve convivência na Universidade, vi realizarem muitas coisas e admiro a coragem, o planejamento e a determinação de vocês. Essas características também são importantes para uma engenheira química exercer sua profissão. Além de, claro, todo o conhecimento que vocês possuem e, tenho certeza, já usaram e usam com sucesso”, salientou a docente. No momento de seu discurso, as novas engenheiras químicas abriram suas câmeras em homenagem à professora, e  esse gesto foi seguido pelos formandos os outros cursos.

Nas formaturas dos cursos da UNIFAL-MG campus de Poços de Caldas, tradicionalmente, são concedidos prêmios de “Destaque Acadêmico” em alguns cursos.  O premiado pelo Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia foi o bacharel João Paulo Reis Gregatti e, pelo curso de Engenharia Ambiental, o engenheiro Felipe Luiz Quinalha Costa recebeu o prêmio-destaque.

O engenheiro Felipe Luiz Quinalha Costa recebeu o prêmio “Destaque Acadêmico” pela Engenharia Ambiental. (Foto: reprodução/Youtube)

O anúncio dos premiados foi realizado pelo reitor da UNIFAL-MG, Prof. Sandro Amadeu Cerveira que, ao final da cerimônia,  reforçou o desempenho dos discentes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o qual, para ele, foi excepcional. “Dos nove cursos da nossa Universidade, oito ficaram com notas 4 e 5. Todos os nove curso, em relação às avaliações anteriores, tiveram crescimento no Enade. Isso significa que, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas nos últimos anos […], nós avançamos e somos realmente muitos gratos aos colegas, professores e gestores, inclusive neste momento de pandemia”, salientou.

Segundo o Prof. Sandro Amadeu, a Universidade Federal de Alfenas é e continuará sendo “uma universidade pública que é patrimônio do povo brasileiro, que carrega não apenas o trabalho nosso de hoje, mas o trabalho de gerações e gerações de pessoas que nos antecederam, de trabalhadores e trabalhadoras cujos nomes muitas vezes não são citados individualmente, mas sem os quais não haveria prédios, salas de aula, energia, laboratórios, espaços de culturas”.

Estiveram presentes na cerimônia, também, a vice-coordenadora do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Profa. Carolina Del Roveri; o vice-coordenador do Curso de Engenharia Ambiental, Prof. Gunther Brucha; a vice-coordenadora do Curso de Engenharia de Minas, Profa. Sylma Carvalho Maestrelli; o coordenador do Curso de Farmácia, Prof. Marcelo Aparecido da Silva; a representante do Colegiado do Curso de Pedagogia a distância, Profa. Maria Eliza Nogueira Oliveira; a coordenadora o curso de Medicina, Profa. Silvia Graciela Ruginsk Leitão; a vice-coordenadora do curso de História, Profa. Marta Gouveia de Oliveira Rovai; e o coordenador do Curso de Pedagogia presencial, Prof. Ronaldo Auad Moreira.

Confira a cerimônia completa no Youtube! 

Colaboração: Ivanei Salgado, Diretoria de Comunicação Social da UNIFAL-MG

Copy link
Powered by Social Snap