NOTA OFICIAL: UNIFAL-MG manifesta apoio ao padre Riva Rodrigues de Paula, 1º vigário paroquial negro de Alfenas, pelas injúrias raciais sofridas na cidade

Por meio da Resolução 36 de 25 de novembro, do Conselho Universitário, UNIFAL-MG, manifestou apoio ao padre Riva Rodrigues de Paula,  da paróquia de São José e Nossa Senhora das Dores, de Alfenas, diante de injúrias raciais sofridas pelo vigário paroquial. Na nota, o Consuni ressalta a natureza pública e laica da Universidade  e que a instituição “[…] não poderia silenciar-se diante do racismo sofrido por este líder religioso”.

O caso do padre Riva ganhou repercussão por meio da imprensa e das redes sociais de diversas pessoas da cidade. De acordo com entrevista concedida para o Jornal da EPTV, as injúrias raciais iniciaram a cerca de dois meses quando o padre assumiu a paróquia.  Os crimes ocorrem por meio de ligações telefônicas e presencialmente na própria igreja. A matéria destaca que o padre Riva é o primeiro vigário paroquial negro em Alfenas.

A Diocese de Guaxupé emitiu uma nota de repúdio aos atos criminosos cometidos contra o padre Riva. Assinada pelo bispo Dom José Lanza Neto, o documento apresenta o repúdio da Igreja em relação a atos discriminatórios, além de afirmar que o racismo é inaceitável em qualquer esfera da sociedade. A nota também lembra que a prática é um crime inafiançável e imprescritível de acordo com a Constituição Federal.

Na Nota Oficial, a UNIFAL-MG reafirma que o  racismo é uma prática social degradante, “[…] sendo tarefa de todas as pessoas e instituições combatê-lo”. A Universidade, também, informou que promove políticas de inclusão da população negra, entre elas as cotas raciais e ações educativas de consciência negra.

Além de ações acadêmicas organizadas no âmbito do ensino, da pesquisa e da extensão universitária, a UNIFAL-MG mantém o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi), integrado ao Departamento de Direitos Humanos e Inclusão da Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace). O órgão participa da constituição, avaliação e produção de conhecimentos relacionados às políticas institucionais relativas aos direitos humanos e atua no planejamento, execução, monitoramento e disseminação de políticas, ações e serviços institucionais voltados ao enfrentamento e combate ao racismo.

A Nota Oficial em apoio ao padre Riva pode ser acessada na íntegra em: Resolução 36/2020.

Copy link
Powered by Social Snap