Em entrevista, professor de Economia da UNIFAL-MG comenta aumento consecutivo no preço dos combustíveis

A Petrobrás reajustou, pela segunda vez em 2021, o valor da gasolina. Para comentar o aumento de 5% realizado nesta semana, o professor do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da UNIFAL-MG, Fernando Batista Pereira, participou, no dia 28/01, do jornal EPTV 1ª Edição. Na oportunidade, o docente apontou causas e consequências para consumidores e empresas.

A explicação da Petrobrás para o reajuste, conforme o economista, é que o preço do barril do petróleo no mercado internacional aumentou em dólar, gerando um impacto ainda maior ao se converter para a moeda brasileira.

“O aumento é ruim não só para o consumidor final, porque naturalmente vai pagar mais caro na gasolina e no diesel, mas para toda a cadeia de distribuição, para toda a cadeira produtiva. Toda a nossa cadeia depende da gasolina, mas principalmente do diesel. Isso significa que o aumento não vai ficar restrito ao combustível. Vai encarecer também todos os outros produtos”, destacou o Prof. Fernando Pereira.

A dica do professor é para que, se puder escolher, o consumidor opte pelo álcool.

Confira a reportagem completa:

Disponível no link: https://globoplay.globo.com/v/9218940/

Colaboração: Túlio Rabelo, estagiário de Comunicação Social da UNIFAL-MG - campus Varginha

Copy link
Powered by Social Snap