UNIFAL-MG contrata plataforma UpToDate com estudos básicos, clínicos e translacionais revisados por especialistas de renome internacional; banco de dados vai contribuir para as aulas e a prestação de serviços em saúde pela Universidade

A UNIFAL-MG ganhou um novo reforço para as atividades acadêmicas e para prestação de serviços na área de saúde. A partir deste mês, discentes e docentes dos cursos de saúde poderão acessar a plataforma UpToDate, uma base de dados digital que publica revisões em especialidades e subespecialidades da Medicina. A plataforma disponibiliza acesso à síntese de conhecimento atualizado e revisado por mais de 6 mil especialistas de renome internacional e  vai auxiliar o exercício da prática clínica e terapêutica na Universidade.

“Por impactar positivamente na qualidade da formação de alunos e atualização dos docentes, a adoção da plataforma tem potencial para melhorar a qualidade do cuidado de saúde prestado à população na Clínica de Especialidades Médicas da UNIFAL-MG, bem como em quaisquer outros serviços de saúde onde atuem nossos alunos e professores”, destacou a professora Silvia Graciela Ruginsk Leitão, coordenadora do curso de Medicina da UNIFAL-MG.

De acordo com a professora Silvia Ruginsk, coordenadora do curso de Medicina, a plataforma vai contribuir diretamente para prestação de serviços de saúde pela UNIFAL-MG. (Foto: Arquivo Pessoal/Silvia Ruginsk)

A celebração do contrato com o programa se deu em fevereiro, mediante recursos do Ministério da Educação (MEC) para bibliotecas digitais. Segundo a professora Silvia Ruginsk, a decisão de adotar a base de dados teve como objetivo não somente aprimorar o conhecimento do corpo docente da Instituição, mas também possibilitar o uso da plataforma por discentes de Graduação e Pós-Graduação em condições de ensino remoto, devido à demanda emergencial causada pela pandemia de Covid-19. “A próxima etapa será a realização de um treinamento, possivelmente no mês de março, por parte da empresa para multiplicadores do uso da plataforma, os quais serão responsáveis por divulgá-la dentro de seus cursos de origem”, explicou a docente à Dicom.

Com vigência de um ano, conforme destacou a professora, a base de dados integra pesquisas básicas, clínicas e translacionais com a tomada de decisão pelos profissionais a partir da articulação from bench to bedside. “Para ter acesso aos estudos, basta que os interessados realizem um cadastro a partir da rede da UNIFAL-MG e instalem o aplicativo em seus dispositivos, para uso remoto, com os dados de login cadastrados. Os discentes precisam estar no campus para o registro, mas, nos demais casos, o secretário do curso fará um cadastro com senha padrão, que pode ser alterada posteriormente”, completou a professora Silvia Ruginsk, para quem a assinatura da plataforma foi de fundamental importância.

“Neste sentido, agradecemos à Universidade pelo apoio no sentido de proporcionar aos nossos alunos e professores essa ferramenta, particularmente neste momento ímpar que vivenciamos quanto ao emprego de ambientes virtuais de aprendizagem”, salientou a coordenadora do curso de Medicina.

O professor Carlos Marcelo ressalta que a plataforma é um avanço em termos de acessibilidade. (Foto: Arquivo Pessoal/Carlos Marcelo de Barros)

O professor Carlos Marcelo de Barros, docente da Faculdade de Medicina e atual diretor clínico da Santa Casa de Misericórdia de Alfenas, que já usa a plataforma há mais de 8 anos, também destacou os benefícios da base de dados para atividades de ensino, como preparo de aulas, uma vez que a UpToDate se configura como uma fonte confiável de bibliografia. “E a ferramenta permite não somente a atualização nos mais diversos temas, como também embasa condutas clínicas na prática profissional do cotidiano”, disse o professor.

Para ele, o fato de a plataforma ser virtual constitui um avanço em termos de acessibilidade. “Embora não substitua o acesso tradicional a livros-texto físicos, garante ao aluno uma fonte extra e atualizada de informação”, finalizou.

De acordo com o site UpToDate, as especialidades disponíveis na plataforma são Alergia e Imunologia, Anestesiologia, Medicina Cardiovascular, Dermatologia, Medicina de Urgência (Adulta e Pediátrica), Endocrinologia e Diabetes, Medicina Familiar e Clínica Geral, Gastroenterologia e Hepatologia, Cirurgia Geral, Geriatria, Hematologia, Medicina Hospitalar, Doenças Infecciosas, Nefrologia e Hipertensão, Neurologia, Obstetrícia, Ginecologia e Saúde da Mulher, Oncologia, Cuidados Paliativos, Pediatria, Medicina de Família e Comunidade (Adultos), Medicina Esportiva (Adolescentes e Adultos), Psiquiatria, Medicina Pulmonar e Cuidados Intensivos, Reumatologia e Medicina do Sono.

O sistema já é utilizado por quase dois milhões de profissionais de saúde e por mais de trinta mil instituições em mais de 191 países. No Brasil, a base de dados é utilizada por instituições de ensino como USP, UERJ, UNIFESP, UFJF e outras.

Copy link
Powered by Social Snap