Boletim epidemiológico desenvolvido por pesquisadores da UNIFAL-MG é destaque em jornal da região; dados do estudo indicam tragédia sanitária nunca vista em Minas Gerais

O jornal G1 – Sul de Minas publicou, no dia 14/04, uma matéria sobre dados atualizados do boletim IndiCovid, desenvolvido por pesquisadores da UNIFAL-MG e coordenado pelo epidemiologista e professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade, Sinézio Inácio da Silva Júnior. Na oportunidade, a matéria destacou o aumento do número de internações e óbitos e a melhora no registro de novos casos de Covid-19.

De acordo com a pesquisa, o sul de Minas Gerais passou a enfrentar uma tragédia sanitária nunca vista, uma vez que a região tem batido recordes na média semanal de mortes, com 45 óbitos no dia 11/4 e 42 no dia 12/4.  “Esse número representa um aumento de 72% nas mortes normalmente registradas na região diariamente”, apontou o jornal.

Ainda segundo a pesquisa, no 1º dia da Onda Roxa (17/3), 12 das 14 regiões de Minas Gerais estavam com tendência de crescimento de novos casos. No dia 12 de abril, o total baixou para dois.

Confira a matéria completa no link: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2021/04/14/pesquisa-da-unifal-aponta-melhora-em-incidencia-de-casos-de-covid-19-mas-crescimento-de-mortes-e-internacoes.ghtml

Copy link
Powered by Social Snap